banner com link para rádio globo
Foto: @paramore Instagram
in ,

Hayley Williams fala de retorno do Paramore em 2022

Hayley Williams resolveu instigar não somente os seus fãs, mas os fãs do grupo Paramore com um e-mail enviado na tarde desta sexta-feira (26). A cantora enviou uma carta falando sobre o seus últimos projetos solo, porém um trecho chamou a atenção.

Leia mais: 

Ao agradecer o seu público, Williams citou a banda e deu a entender que retornará com o projeto no próximo ano:

“Sei que não conseguimos nos encontrar da melhor forma para cantar e desabafar e colocar tudo para fora, mas acredito que ‘Petals’ e ‘descansos’ viveram exatamente as vidas que deveriam ter vivido”, disse a cantora encerrando sua era solo. “Além disso, o Paramore não pode ficar ‘em pausa’ para sempre, né?”, continuou. Eu amo vocês. Nos vemos em algum momento no próximo ano?”, finalizou.

Hayley Williams: "pronta para próximo álbum do Paramore"
(Foto: Reprodução / Instagram @paramore)

O último e quinto disco da banda, “After Laughter“, foi lançado em 2017. Em 2020, a vocalista do grupo lançou o álbum “Petals For Armor” seguido de “Flowers for Vases/ descansos“, lançado neste ano.

Paramore está faturando alto com interpolação de “Good 4 U”

As questões burocráticas que envolvem Olivia Rodrigo e o Paramore ganhou mais um capítulo nesta quarta-feira (1/09). É que assim que surgiram as notícias de que Hayley Williams e Josh Farro, integrantes da banda de rock, haviam sido acrescentado aos créditos de composição de “Good 4 U”, graças a interpolação com “Misery Business”, especialista passaram a calcular, de forma não oficial, o quando que os roqueiros estariam arrecadando com essa “parceria”.  E não é pouco, viu?!

Paramore
Foto: Divulgação

Embora não haja uma maneira infalível de calcular o quão lucrativa a música tem sido, seu sucesso até agora nos Estados Unidos já coloca seus royalties estimados de publicação e composição em um território de sete dígitos em apenas quatro meses.

“É difícil dar um valor exato, porque realmente existem muitas variáveis, mas no desempenho público, é um número de sete dígitos que varia em torno dos US$ 1,4 milhão (7,2 milhões de reais) na quantidade de giros, quanto tempo esteve no rádio, em quantos formatos foi reproduzido ”, diz um alto executivo de uma grande editora independente, de acordo com a Variety.

Embora haja uma vantagem de Olivia à frente para “Good 4 U”, é preciso lembrar que dos US$ 1,4 milhão estimados não pertencem apenas a Rodrigo. Metade disso vai para os editores envolvidos, como a Sony Music Publishing, o produtor que co-escreveu oito faixas do álbum “Sour”, e agora, Williams e Farro adicionados aos créditos. Ah, a Warner Chappell Music também leva sua parte.

Escrito por Douglas Françoza

Resenha: Adele está escondendo o ouro sobre "30"

Adele deve ter a melhor estreia de álbum do ano nos EUA, mostram prévias

Stephen Sondheim, grande autor da Broadway, morre aos 91 anos