in

Hackers que roubaram músicas inéditas do Michael Jackson são condenados

Os hackers britânicos James Marks e James McCormick, que invadiram o sistema da Sony Music e roubaram músicas inéditas do Michael Jackson, foram condenados a 100 horas de serviço comunitário. Os dois conseguiram escapar da prisão de seis meses após confessarem o crime.

Marks e McCormick, de 27 e 26 anos, também roubaram músicas das cantoras Beyoncé, Christina Aguilera e Britney Spears. De acordo com a Agência de Crimes Organizados (SOCA), foram sete mil arquivos desviados no total, incluindo faixas completas ou em desenvolvimento, vídeos e artes.

A polícia chegou aos dois hackers em maio de 2011 e eles confessaram o crime em setembro do ano passado. “Eles tinham plena consciência de que obtiveram arquivos sujeitos a direitos autorais e que estavam errados ao compartilharem e venderem isso na Internet. Isso é atividade criminosa”, explicou o promotor do caso.

Escrito por Leonardo Torres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Produtor diz que novo álbum mostrará transformação da Miley Cyrus

OMG: Calça da Lady Gaga rasga durante show no Canadá