in ,

Há 10 anos acontecia o fatídico episódio de Kanye West com Taylor Swift no VMA

13 de setembro de 2009. Nesse dia acontecia um dos acontecimentos mais marcantes da história do pop. Foi constrangedor e chocante, mas ao um mesmo tempo um divisor de águas para a carreira da cantora. Esse é o tipo de coisa que nunca será esquecido e, portanto, vale a pena relembrar. Confira nosso especial!

O que aconteceu?

Taylor Swift concorria na categoria “Melhor Vídeo Musical Feminino” ao lado de Beyoncé, Katy Perry, P!nk, Lady Gaga e Kelly Clarkson. Ela saiu como vencedora, sendo reconhecida por “You Belong With Me”. Quando ela subiu ao palco para fazer seu discurso de agradecimento, algo inesperado aconteceu. Kanye West não ficou nada satisfeito e tirou o microfone da mão da cantora, afirmando que o prêmio deveria ser da Beyoncé – que olhava incrédula da pleteia.

Confira vídeo:

Curiosidades

10 anos depois, alguns produtores do VMA revelaram algumas curiosidades do que aconteceu nos bastidores. Eles afirmam que Beyoncé estavam inconsolável, chorando muito nos bastidores – não pela derrota, mas sim pela situação constrangedora. Foi aí que a produção decidiu quebrar o protocolo e informar que ela ganharia o maior prêmio da noite, “Vídeo Musical do Ano”. Foi a maneira que eles encontraram para que ela não deixasse o local.

Quando Beyoncé ganhou, ela chamou Taylor ao palco para ter seu momento.

Uma outra curiosidade é que a cantora P!nk ficou realmente raivosa com Kanye West. Ela foi na direção dele tirando satisfações. “Eu não estava perto o suficiente para ouvir a conversa, mas ela estava apontando em seu rosto e acenando com a cabeça”, disse um repórter.

Depois disso…

Depois de um tempo, houve uma tentativa de reconciliação de Taylor e Kanye, que voltaram a se falar. Isso não deu muito certo. O rapper lançou a música “Famous”, supostamente tendo a aprovação da cantora. “Eu sinto que eu e a Taylor ainda vamos transar / Por quê? Eu fiz aquela vadia famosa”, diz ele, em livre tradução.

É claro que ela não estava confortável com esses versos e negou que tinha aprovado. Logo após, Kim Kardashian (esposa do rapper) chegou a divulgar supostos telefonemas que ela tinha sim, concordado. Foi daí que veio os ataques à Taylor com o famoso emoji de cobrinha – elemento que ela usou, mais tarde, para representar o álbum “Reputation”.

Até hoje essa história é confusa e não ficou provado o que aconteceu nos bastidores.

Enquanto Taylor Swift se tornou um dos maiores nomes da música, a fama de polêmico de Kanye West, em muitos momentos, acabou atrapalhando e destacando mais do que seu talento musical.

Escrito por Caian Nunes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Promo: Você com acompanhante com tudo pago no show da Jessie J em São Paulo

Em entrevista, Rihanna revela com quem quer fazer parceria: Lizzo, Gwen Stefani e Cardi B