(Foto: Reprodução / YouTube)
in ,

Grammy corrige créditos de “Brown Skin Girl” e Blue Ivy poderá ganhar troféu

Nome da filha de Beyoncé não constava nos créditos da música. Ela concorre como Melhor Clipe.

Blue Ivy é oficialmente uma nomeada ao Grammy Awards. A Academia da Gravação reconheceu os créditos da menina e de WizKid na música “Brown Skin Girl”, da Beyoncé. O trabalho concorre na categoria Melhor Clipe. Com isso, Blue Ivy poderá ganhar seu primeiro Grammy no ano que vem, quando estará com nove anos de idade.

Grammy corrige créditos de "Brown Skin Girl" e Blue Ivy poderá ganhar troféu
(Foto: Reprodução / Grammy.com)

O Grammy de Melhor Clipe vai para os artistas, o diretor e os produtores. Quando a Academia anunciou a lista de nomeados para 2021, em novembro, só o nome de Beyoncé aparecia como artista creditada por “Brown Skin Girl”. Isso deixaria Blue Ivy de fora de uma possível vitória.

(Foto: Reprodução / YouTube)

Os concorrentes são “Life Is Good” (de Future com Drake), “Lockdown” (de Anderson .Paak), “Adore You” (Harry Styles) e “Goliath” (Woodkid).

Caso “Brown Skin Girl” vença, Blue Ivy entrará para o ranking dos vencedores mais jovens do Grammy Awards. O título é do grupo The Peasal Sisters. O grupo recebeu três troféus em 2002 e uma das integrantes tinha oito anos na ocasião. Já no quesito artista solo, LeAnn Rimes é considerada a vencedora mais jovem da história, ao receber seu Grammy com 14 anos em 1997.

Grammy 2021: Beyoncé tem tudo para quebrar recorde

Maior destaque deste ano, Beyoncé concorre nas categorias Gravação do Ano (com “Black Parade” e “Savage Remix”), Música do Ano (“Black Parade”), Melhor Performance R&B (“Black Parade”), Melhor Música R&B (“Black Parade”), Melhor Performance de Rap (“Savage Remix”), Melhor Música de Rap (“Savage Remix”), Melhor Clipe (“Brown Skin Girl”) e Melhor Trilha de Filme (“Black Is King”).

Grammy 201: Beyoncé tem tudo para quebrar recorde
(Foto: Getty Images / Uso autorizado POPline)

Ela precisa vencer apenas quatro dessas categorias para quebrar um recorde histórico. Caso conquiste mais quatro troféus, Beyoncé se tornará a mulher mais premiada da história do Grammy – premiação que existe desde 1959.

Atualmente, a cantora detém 24 gramofones – como são chamados os troféus do Grammy. A única mulher com mais troféus do que ela é Alison Krauss, que tem 27 troféus. Mas Alison não recebeu indicações neste ano, então Beyoncé tem grandes chances de superá-la.

Escrito por Leonardo Torres

FKA Twigs processa Shia LaBeouf por agressão e assédio sexual, diz jornal

“All I Want For Christmas Is You”: Mariah Carey alcança #1 com hit natalino e quebra recorde na parada britânica