Foto: reprodução/ Youtube/ @fc_gloriosos_
in ,

Gloria Groove faz a primeira performance de “Bonekinha”

Já faz mais de uma semana que Gloria Groove nos presenteou com a potência do single “Bonekinha“. Neste sábado (26), a cantora fez a primeira performance ao vivo da música durante a sua participação no Festival do Orgulho.

O evento virtual foi transmitido no Youtube e reuniu nomes importantes da cena LGBTQIA+, como Pepita, Aretuza Lovi, Urias, Mateus Carrilho e muitos outros.

Confira a primeira apresentação de “Bonekinha|”:

O repertório de GG não deixou de lado o R&B da era affair e seus hits anteriores, além de parcerias de sucesso como “Deve Ser Horrível Dormir Sem Mim“. A drag queen também arrasou em uma versão de “I am What I Am”, música famosa na voz de Gloria Gaynor:

Clipe de “Bonekinha”

Repleto de referências à adolescência da artista, o vídeo estreou na sexta passada (18/6), trazendo de volta um clima de “anos 2000” e ressaltando um pouco da cultura da Zona Leste de São Paulo. Uma boa parte do clipe, por exemplo, foi filmada dentro de uma lan house – algo que fazia muito sucesso com adolescentes antes da popularização da Internet móvel.

Assista:

Na coletiva de imprensa realizada na véspera, Gloria Groove contou uma história engraçada que aconteceu nos bastidores da gravação. “Na cena da lan house, contracenei com um pirulito. Ficava chupando um pirulito em cena. Aí teve uma hora que o [diretor] Felipe Sassi falou ‘agora rebola para a câmera’. Parei o que estava fazendo, comecei a rebolar a bunda, mas o líquido do pirulito estava descendo na garganta e engasguei”, lembra.

Gloria Groove apresenta alter ego Lady Leste, lança single "Bonekinha" e inicia nova era
(Foto: Rodolfo Magalhães)

“Só que eu não parei de rebolar. Então estava rebolando e engasgando. De costas pra câmera, estava engasgada. Garanti o take da bunda até o final! Mas é algo que sempre vou lembrar quando olhar essa cena da lan house”, diz entre risos.

 

Escrito por Douglas Françoza

Pepita manda recado direto para apresentador LGBTfóbico

VOTE: Qual é seu Hino LGBTQIA+ favorito!