banner com link para rádio globo
Foto: YouTube
in ,

Vocalista do Glass Animals comenta o histórico #1 de “Heat Waves” na Hot 100

A música atingiu o topo da parada americana após 59 semanas nos charts; recorde absoluto!

Nunca uma música demorou tanto tempo para chegar ao 1º lugar na parada americana. Quem diria que, em 2022, uma banda indie britânica assumiria o topo da Hot 100? O Glass Animals conseguiu um feito histórico ao liderar o principal chart de singles da Billboard, com “Heat Waves”, após 59 semanas de seu lançamento. O recorde era de “All I Want For Christmas Is You”, da Mariah Carey, que só foi figurar no lugar mais alto do ranking em sua 35ª semana na lista.

Foto: Drew Perez

LEIA MAIS:

Foi em janeiro de 2021 que o vocalista Dave Bayley desfrutou de sua primeira vitóriapor causa de “Heat Waves” (quando a música liderou a prestigiosa contagem regressiva de rádio Triple J Hottest 100 da Austrália, já que a maior parte do mundo ainda estava no auge da primeira onda de Covid-19).

“Essa resposta de mídia social das pessoas reagindo a ser anunciada como número 1 no Triple J Hottest 100 foi – porque estávamos trancados por tanto tempo – a primeira vez que vimos as pessoas dançarem com a música, reagir a ela. Foi uma loucura”, lembra Bayley.

14 meses depois, com o mundo (talvez) prestes a reabrir totalmente, “Heat Waves” ainda está adicionando primeiros lugares ao seu currículo – com talvez o maior de todos chegando esta semana: o topo da Billboard Hot 100. “Acho que as pessoas gostam de um pouco de familiaridade quando há um pouco de desconforto no mundo”, diz Bayley sobre o sucesso da música.

“Eu acho que talvez com [‘Heat Waves’] – a música é sobre nostalgia e o passado, e lembrar de pessoas e pessoas desaparecidas. E acho que nos últimos dois anos, e ainda agora, as pessoas sentiram falta de seus entes queridos. E nem todo mundo pode simplesmente visitar seus pais ou visitar seu melhor amigo. Tem sido muito difícil fazer isso… esse é o meu palpite de por que as pessoas gravitaram um pouco em torno dessa música”, completou o vocalista.

“Eu me lembro, no começo da pandemia, todo mundo estava ouvindo discos antigos, coisas com as quais cresceram. Bruce Springsteen, Beatles, Etta James e todo esse tipo de música de conforto, sabe? E eu fiquei tipo, ‘música nova não se encaixa nessa situação’. Mas prometemos às pessoas novas músicas e tivemos que lançá-las eventualmente. Então, adiamos a data de lançamento o máximo que pudemos. Mas eu nunca esperei que nossa canção seria tão bem recepcionada”, finalizou Dave Bayley.

Escrito por Daiv Santos

Setlist do novo show do BTS pode surpreender

"Teen Wolf": dois atores ainda negociam para fazer filme

“Teen Wolf”: dois atores ainda negociam para fazer filme