Gil mostra vídeo de inscrição para "BBB"
(Foto: Reprodução / Twitter)
in ,

Gil mostra vídeo de inscrição para “BBB”

Vídeo foi feito quando Gilberto tinha 25 anos. Ele está com 30.

O economista Gilberto, o Gil do Vigor do “BBB 21”, compartilhou um antigo vídeo de inscrição que ele gravou para tentar uma vaga no reality show. O vídeo foi feito há cerca de cinco anos, então mostra Gil mais novo – mas do mesmo jeitinho que conquistou o Brasil.

Em sua inscrição, ele diz: “olá Big Brother Brasil, olá vocês que estão me assistindo, meu nome é Gilberto, tenho 25 anos de vigor. Sou muito bonito, sou maravilhoso, sei disso. Mas veja só, estou mandando porque eu sei que eu sou o Big Brother Brasil”. Não foi com esse vídeo que ele conseguiu chamar a atenção do Boninho…

Assista:

“Eu sei que eu já ganhei esse 1 milhão, eu sei que o Brasil me ama, eu sei que o Brasil me quer aí dentro. Eu sou um homem de deus, Big Brother Brasil. Eu sou um economista, sou formado na Universidade Federal de Pernambuco, faço mestrado e eu vigoro porque eu sou de Deus”, completa.

Para entrar no “BBB”, Gil caprichou

Gil já disse que fez “o melhor vídeo de sua vida” para entrar no “BBB 21”. Ele estudou o que ex-BBBs haviam dito em entrevistas, ensaiou, preparou tudo que queria falar, fez tópicos, se arrumou, e enviou a gravação muito confiante, porque não conseguiria fazer melhor. Desta vez, deu certo.

Eliminado em 4º lugar, Gilberto se tornou um dos queridinhos do público. Assinou contrato com a TV Globo, lançou uma autobiografia pela Globo Livros e se tornou garoto-propaganda de marcas como Santander, Vigor e Bis. Ele contou que, fora do programa, já faturou R$ 1,5 milhão em contratos. Um sucesso tremendo! No segundo semestre, ele irá fazer PhD nos Estados Unidos.

Mesmo ganhando bastante dinheiro com publicidade, Gil do Vigor não desistiu de fazer o seu PhD (Foto: Instagram/@gildovigor)

Escrito por Leonardo Torres

Giulia Be chora e explica o que rolou no "Encontro"

Giulia Be chora após críticas à performance no “Encontro”

Djavan se posiciona contra Bolsonaro: “Não votei e não apoio”