in ,

Foo Fighters anuncia line-up de shows em homenagem a Taylor Hawkins

Nomes como Queen, Rush, Liam Gallagher, Alanis Morissette e Chad Smith estão na lista de atrações

Foto: Divulgação/Getty Images

A organização do Taylor Hawkins Tribute Concerts, que vai promover dois shows em homenagem ao falecido baterista do Foo Fighters, divulgou a lista de músicos que vão participar dos eventos no Kia Forum de Los Angeles, no dia 27 de setembro; e no estádio de Wembley, Londres, Inglaterra, no dia 3 de setembro. São eles:

LEIA MAIS: 

Londres

Geddy Lee e Alex Lifeson (Rush);
Roger Taylor e Brian May (Queen)
Liam Gallagher (Oasis);
Stewart Copeland (The Police);
Chris Chaney (Jane’s Addiction);
Josh Homme (Queens of the Stone Age);
Chrissie Hynde (Pretenders);
Dave Chappelle;
Wolfgang Van Halen (Mammoth WVH);
Omar Hakim;
Membros da banda de covers de Hawkins, Chevy Metal;
Músicos do Foo Fighters (Dave Grohl, Nate Mendel, Chris Shiflett, Pat Smear e Rami Jaffee).

Los Angeles

Miley Cyrus
Joan Jett
Brian May, Roger Taylor (Queen)
Alanis Morissette
Josh Homme e Jon Theodore (Queens of the Stone Age)
Gene Simmons (Kiss)
Alex Lifeson e Geddy Lee (Rush)
Nikki Sixx (Mötley Crüe)
Chad Smith (Red Hot Chili Peppers)
Mark Ronson
Wolfgang Van Halen
Chris Chaney (Jane’s Addiction)
Brad Wilk (Rage Against the Machine)
Chevy Metal (projeto paralelo dos integrantes do Foo Fighters)
Pat Wilson
Luke Spiller (The Struts)
Stewart Copeland (The Police)
Omar Hakim (Sting)
Rufus Taylor

O line-up chega depois que o Foo Fighters anunciou em suas redes sociais que celebraria a memória e a música de Hawkins junto de sua família.

A renda obtida com os concertos será revertida em um segundo momento para instituições de caridade escolhidas pelo Foo Fighters e a família, a serem reveladas em momento oportuno.

Comunicado

Em seu site oficial, o Foo Fighters diz sobre as apresentações especiais: “Os concertos em tributo a Taylor Hawkins unirão vários artistas, a família Hawkins e, claro, seus irmãos de Foo Fighters em comemoração à memória de Taylor e seu legado como um ícone do rock global — seus colegas de banda e suas inspirações tocando as músicas pelas as que ele se apaixonou e as que ele trouxe à vida”.

Escrito por Magda Pinheiro

Entenda o racismo estrutural de Talitha Morete no "É de Casa"

Entenda o racismo estrutural de Talitha Morete no “É de Casa”

Vídeo: Em festa, Pabllo Vittar morde Pedro Sampaio ‘naquele lugar’