banner com link para rádio globo
Foto: Instagram @florence
in ,

Florence + The Machine canta e dança a dor e a alegria em “Heaven Is Here”

Nova música sucede o single “King” e estará no novo álbum de Florence

Tem música e clipe novo do Florence + The Machine nesta segunda-feira! Heaven Is Here” é a segunda amostra do novo álbum de Florence, ainda sem data de lançamento confirmada.

Leia Mais:

Foto: Instagram @florence

A nova música do Florence + The Machine foi precedida por um anúncio feito através das redes sociais no domingo (6). Na publicação, Florence contou que “Heaven Is Here” foi a sua primeira composição durante o período de isolamento social, por conta da pandemia da COVID-19, e deu mais detalhes sobre a inspiração e ideias por trás da faixa:

“‘Heaven Is Here’ foi a primeira música que escrevi em confinamento após um longo período sem poder ir ao estúdio. Eu queria fazer algo monstruoso. E esse clamor de alegria, fúria e tristeza foi a primeira coisa que saiu. Com os estúdios de dança também fechados, era meu sonho um dia criar coreografias com ela. Portanto, é uma das primeiras músicas que fiz especificamente com a dança contemporânea em mente,” contou.

O clipe de “Heaven Is Here” chegou nesta segunda junto com a música e saiu de acordo com a ideia inicial de Welch para a produção: com muita coreografia! Assista agora:

“Heaven Is Here” é a segunda amostra do novo álbum do Florence + The Machine, que teve o single “King” como carro chefe e abre-alas. De acordo com a divulgação do novo projeto, que foi feita através do site oficial de Florence, o disco deverá contar com 15 faixas no total. O trabalho servirá como sucessor para “High as Hope” de 2018.

KING (Chapter One)

Depois de mistério no site oficial e redes sociais, Florence Welch liberou música e clipe do seu novo single no dia 23 do mês passado: “KING”. O vídeo tem direção de Autumn de Wilde, que já trabalhou com Florence em “Big God” (2018).

Na ocasião do lançamento, Florence explicou a mensagem por trás da música e falou como a desigualdade dos gêneros na indústria fonográfica afetou suas produções e suas tomadas de decisão:

“Como artista, nunca pensei muito em meu sexo. Resolvi seguir em frente. Eu sou tão boa quanto os homens e somente me igualei a eles todas as vezes. Mas agora, ao pensar que sou uma mulher na casa dos 30 anos e no futuro… de repente sinto essa ruptura da minha identidade e dos meus desejos. Querer ser uma artista, mas também querer uma família pode não ser tão simples para mim como é para os meus colegas homens. Eu tinha como modelo quase exclusivamente os artistas masculinos e, pela primeira vez, senti um muro cair entre eu e meus ídolos, pois tenho que tomar decisões que eles não tomaram”, disse ela em nota oficial.

Escrito por Mari Pacheco

BBB22: Pedro Scooby sobre atitude de sister: “Fico p*to”

"Young Royals": Omar Rudberg divuga fotos dos bastidores

“Young Royals”: Omar Rudberg divulga fotos dos bastidores