banner com link para rádio globo
in ,

Flea lamenta atitude arrogante do Chili Peppers com o Guns N’ Roses nos anos 1980

“Nós definitivamente éramos contra a cena hair-metal, mas algumas dessas bandas eram realmente boas”, disse

Flea lamenta atitude “pequena” do Red Hot Chili Peppers em relação ao Guns N’ Roses e a outros grupos que buscavam o sucesso e a fama nos anos 1980. O baixista disse que ele e seus colegas promoveram uma “certa antipatia” em relação às bandas de Hollywood que disputavam atenção na época, destacando o grupo liderado por Axl Rose como um dos atos que não merecia o desrespeito.

Foto: Getty Images

LEIA MAIS:

Nós definitivamente éramos contra a cena hair-metal”, disse Flea à Classic Rock recentemente. “Nós agíamos da seguinte forma: ‘Fodam-se eles. Nós somos os caras do lado leste underground, art-rock e esquisitos; esses caras estão apenas refazendo o que o Aerosmith e o KISS fazem’“.

Ele acrescentou: “Em retrospecto, era tudo uma besteira, uma mesquinharia. Muitas dessas bandas eram ótimas pra caralho. O Guns N’ Roses era uma grande banda. Houve uma certa arrogância. Um ‘foda-se o mundo, foda-se o sistema, foda-se a autoridade, foda-se os poderes, somos assim e estamos fazendo nossas coisas do nosso jeito. Estávamos sendo selvagens”.

A atitude provavelmente contribuiu para o sucesso do Chili Peppers, assim como sua atitude em relação à música. “Não nos demos conta de que havia algo além de lotar shows, fazer as pessoas felizes e ser originais. Nós éramos uma banda de festa, mas você tem que trazer algo para a festa”, disse o vocalista Anthony Kiedis.

Flea foi fundamental ao dizer: “Temos que ser bons; temos que escrever alguma coisa nova, temos que ter algo para mexer com essas pessoas“.

O Red Hot Chili Peppers lançará o 12º álbum, “Unlimited Love“, que marca o retorno do guitarrista John Frusciante, no dia 1º de abril.

Eddie Vedder e Nikki Sixx também se estranharam por conta das bandas hair metal

O clima azedou entre Nikki Sixx e o vocalista do Pearl Jam, Eddie Vedder, em fevereiro. O baixista do Mötley Crüe respondeu às críticas de Vedder à sua banda e afirmou com todas as letras que o “o Pearl Jam é uma das bandas mais chatas da história”.

Foto: Mike Coppola/Getty Images (Uso autorizado POPline)

Em entrevista recente ao New York Times, Eddie Vedder foi questionado a respeito da nova série da Hulu “Pam & Tommy”, que irá detalhar a vida do ex-casal Pamela Anderson e Tommy Lee. Na ocasião, Vedder contou uma história de sua juventude, da época de ouro do Mötley Crüe, e confirmou que nunca foi fã os caras:

“Sabe, eu trabalhava em San Diego carregando equipamentos em um clube, e eu acabava participando de shows que não escolheria ir – bandas que monopolizaram a MTV do final dos anos 1980. As bandas de metal que – estou tentando ser legal – eu desprezava. Girls, Girls, Girls e Mötley Crüe: Foda-se. Eu odiava isso. Eu odiava a imagem que eles faziam dos caras. Eu odiava a imagem que eles faziam das mulheres. Parecia tão vazio.”

O comentário de Eddie Vedder chegou até Nikki Sixx, que não hesitou em mandar uma resposta imediata. Através do Twitter, Sixx disse:

“Hoje, eu dei risada lendo o quanto o cantor do Pearl Jam odiava o Mötley Crüe. Agora, considerando que eles são uma das bandas mais chatas da história, é meio que um elogio, não é?”

Nikki Sixx ainda criticou os vocais de Eddie Vedder e falou que ele “canta com bolinhas de gude na boca”.

Escrito por Daiv Santos

BBB22: Natália critica Lucas: “Sempre quer tirar vantagem de tudo”

Britney Spears volta a exigir justiça contra sua família