Connect with us

Wanessa

First Listen: novo single de Wanessa, “Loko”, é para ferver na noite

Música e clipe serão lançados pela cantora na sexta (9/11).

Published

on

Pouco mais de seis meses depois de virar notícia no Brasil inteiro com a letra de “Mulher Gato”, Wanessa Camargo está pronta para lançar um novo single. “Loko” é a nova aposta da cantora e promete dar o que falar novamente: no clipe, que sai junto com a música na sexta (9/11), ela contracena com uma cobra e interpreta uma vampira. Mas os fãs também estão curiosos sobre a música, que a própria cantora descreveu como “pouco radiofônica” e com “uma linguagem e sonoridades diferentes, que não são comerciais”. O que esperar? O POPline recebeu a faixa para uma audição em primeira mão e conta para você.

A música traz muita informação, o que condiz com a declaração da artista. Não é para ouvir no fone de ouvido. É mesmo para escutar de pé na pista de dança. O material exige certa descontração (e, talvez, desconstrução) do ouvinte. De primeira, a impressão é que se trata de uma grande bagunça sonora. A produção não parece se preocupar em ser digerível. Ao mesmo tempo que “Loko” faz sentido ao lado das colaborações recentes de Wanessa (“Tum Tum” com Francinne e “Bumbum no Ar” com Lia Clark), é menos palatável que ambas. Para os fãs que tanto exigiram a volta da Wanessa para o universo eletrônico, “Loko” é uma dose cavalar disso – em português. A música começa com dez segundos de efeitos que poderiam estar em qualquer funk. Na verdade, consigo fechar os olhos e imaginar alguém fazendo o quadradinho com a bunda.

A primeira entrada vocal de Wanessa ameniza essa surpresa inicial, mas em seguida vem mais novidade. De repente, ela passa a cantar com a ginga de uma rapper como Karol Conka. O tratamento na voz da cantora o transforma a tal ponto que ela realmente soa como outra pessoa. Tive que me certificar de que “Loko” não trazia nenhum feat. Isso é bastante interessante, e acontece em outros momentos da música também: Wanessa feat. Wanessa. A questão é que as transformações vocais também acontecem junto com transformações melódicas e rítmicas, então é meio enlouquecedor. Por isso é para ferver na noite e não tocar na rádio. Em parte da letra, Wanessa canta “vem que eu vou te dar só mais um pouco de canseira” e isso serve para o ouvinte também.

A letra da música é sobre sedução. É tudo sobre deixar o cara louco e levá-lo à exaustão sexualmente. O refrão é simples: “E continua mais um pouco porque sabe que já já / Te deixo loko, loko, loko, loko, loko, loko / Te deixo loko, loko, loko, loko, loko, loko / Te deixo loko, loko, loko, loko, loko, loko”. Os versos são menos explícitos que os da música “Mulher Gato”, que deixou algumas pessoas desconfortáveis. Mas a temática é a mesma: uma mulher sem medo de expressar seus desejos vitais. “Hoje eu vou te dar canseira”, ela canta. No entanto, em “Loko”, a letra é segundo plano. É a batida que chama a atenção. Fora o refrão, é possível terminar a música suado de dançar mas sem saber exatamente o que estava sendo dito. A mensagem não é o foco.

Wanessa Camargo está com 35 anos e fazendo um som mais jovem do que fazia aos 18 anos, quando seguia tendências country e pop teen consolidadas no mercado. As parcerias recentes fazem parte dessa revitalização. No exercício de se manter relevante culturalmente, a cantora experimenta distintos caminhos, mas tudo indica que ainda não decidiu qual é o “seu som”. Wanessa ainda experimenta e passa por um processo de autodescoberta, aos olhos do público, sem a obrigação de estabelecer uma linha reta e segui-la. A trajetória é curva. O ecletismo tem sido a marca de sua carreira, com fases tão diferentes e bem características. Um álbum, neste momento, provavelmente teria a cara de uma playlist. Ou seria uma mixtape. Pode-se falar tudo sobre Wanessa, menos que ela fica na mesmice.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

HojeTemLive.com.br




Ranking