Foto: Divulgação
in

Festival FIXE reúne a produção artística de regiões lusófonas

A programação, totalmente gratuita e online, apresenta nomes de destaque nas áreas de música, cinema, moda, literatura, teatro, gastronomia e artes visuais

A primeira edição do Festival FIXE (lê-se “fiche”, gíria portuguesa que significa legal, com estilo e boas qualidades) reúne a nova produção artística e cultural de países e regiões lusófonas, entre a partir desta quarta-feira (05) até o dia 09 de maio. A programação, totalmente gratuita e online, apresenta nomes de destaque nas áreas de música, cinema, moda, literatura, teatro, gastronomia e artes visuais, de países como Moçambique, Angola, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Portugal, Cabo Verde e Brasil.

Durante cinco dias, o festival apresenta mais de 30 atividades, incluindo uma mostra musical com dez shows; quatro espetáculos teatrais, sendo dois destinados ao público infantil; uma mostra audiovisual com cerca de dez filmes; uma exposição de artes visuais e design, ateliês criativos de moda; encontros gastronômicos e oito mesas de bate-papos com autores lusófonos.

Foto: Divulgação

O FIXE se descreve como sendo “uma ação permanente de pesquisa, encontro e reflexão sobre a produção artística contemporânea dos países de língua portuguesa”. Segundo os organizadores, a proposta é apresentar edições anuais, no Brasil ou em outros países do território lusófono, e lançar o Portal FIXE, como espaço promocional e de pesquisa de conteúdos. Com atualizações periódicas, as pautas do site transcendem a divulgação dos eventos do festival, sempre trazendo indicações e destaques entre os lançamentos da lusofonia.

Idealizada e dirigida pela gestora cultural Fabiana Batistela, a plataforma – que abrange o festival e o portal – busca valorizar a identidade da cultura contemporânea do território lusófono, incentivar a conexão e estreitar relações artísticas entre os países participantes, potencializar novas parcerias, valorizar nossa história e apontar possibilidades para o futuro para gerar novos públicos e negócios.

“FIXE investe na construção laços, conexões, promoção de lançamentos e divulgação de novas tendências artísticas de países lusófonos, com conteúdo selecionado por curadores especializados no assunto”, explica Fabiana, que também é diretora geral da Semana Internacional de Música de São Paulo (SIM São Paulo).

Com edição de Zé Antonio Algodoal, o portal traz conteúdos divididos em editorias de música, cinema, literatura, teatro, artes visuais, moda e gastronomia e todo conteúdo está disponível gratuitamente. Todos os vídeos gerados pelos conteúdos da primeira edição do Festival Fixe poderão ser assistidos na plataforma após o evento.

Chamamento para jovens curadores bolsistas

Além do lançamento do portal e da estreia do Festival FIXE, a ação contempla ainda uma proposta de conexão com jovens periféricos de São Paulo e apresentação de novos talentos. Por meio de chamamento, foram selecionados seis jovens Curadores Bolsistas que desenvolverão um trabalho de pesquisa e curadoria artística revelando outros jovens talentos das periferias da cidade para o Portal Fixe nas mesmas áreas artísticas trabalhadas pelo festival: música, cinema (audiovisual), artes visuais, literatura, teatro e gastronomia.

Cada uma dessas pesquisas será desenvolvida durante um mês e terá a orientação de um mentor indicado pelo FIXE. O resultado será divulgado nas redes e no portal FIXE, dando visibilidade à nova produção artística e ampliando a conexão, não apenas entre os participantes, mas em toda a rede que será formada a partir da curadoria do festival. Bruna Fernanda Vieira Silva, Gracielly Guedes, Kelton Campos Fausto, Nathália Ract da Silva, Pedro Jorge e Vitor Xavier são os bolsistas selecionados nesta primeira edição do evento.

O Festival FIXE é realizado pela Inker Agência Cultural e a primeira edição realizada no Brasil tem curadoria e produção da Agência Let’s Gig e patrocínio da Petrobras, além de apoio do Espaço Espelho D’Agua e da plataforma de streaming de filmes TodesPlay.

Programação musical

O Festival FIXE apresenta um programa audiovisual construído com apresentações musicais de aproximadamente 20 minutos cada, intermediadas por depoimentos e performances de participantes de outras expressões da programação. Com narrativas que contemplam diferentes estilos, diversidade e territórios, o documentário musical reúne todas as linguagens do festival tendo a música como eixo principal. As apresentações serão divididas em duas partes, exibidas nos dias 08 e 09 de maio, sempre às 18h.

Um dos destaques da programação do portal, o documentário musical traz no sábado (08/05) Kunumi MC (BR), Pedro Mafama (PT), Amaura (PT) e Rico Dalasam (BR). No domingo (09/04), apresentam-se Marissol Mwaba + François Muleka (BR), B Fachada (PT), Zudizilla (BR) e Selma Uamusse (MOZ)

Além dos shows, a programação musical do festival traz, no sábado (08/05), às 20h, a Festa FIXE, que anima o público no fim de semana no Zoom, com o set do DJ português Marfox.

Confira a programação completa do Festival FIXE clicando aqui!

Escrito por Rafa Ventura

Situação tensa

Artistas se pronunciam contra mortes em protestos na Colômbia

Blue Banisters

Novo álbum de Lana Del Rey terá produtor de rap