Fotos: Divulgação
in

Facebook anuncia série documental exclusiva para América Latina com participação de Emicida e Liniker

O Facebook anunciou o lançamento da sua primeira série documental produzida exclusivamente para a América Latina. O Facebook Latam Season abordarrá, ao longo de seis episódios, a importância crucial da diversidade e inclusão para o sucesso dos negócios.

A produção é da O2 Filmes e conta com a participação de nomes como Liniker, que será a apresentadora do episódio de estreia da série, que foi ao ar nesta quinta-feira (11), além do cantor Emicida, e de diversos especialistas no assunto e executivos da empresa, como a COO do Facebook, Sheryl Sandberg, e a Vice-presidente regional para a América Latina, Maren Lau.

Foto: Divulgação

Confira os apresentadores dos 6 primeiros episódios:

1º Liniker (atriz, cantora e compositora): se dedica à música desde pequena. Cursou a Escola Livre de Teatro de Santo André em 2014. Mulher transgênero, ela se destaca não somente pela potência técnica da sua voz, mas também pela representatividade social.

2º Priscila Arias (blogueira de moda plus size): Mexicana, blogueira de moda e autoproclamada defensora da inclusão e da diversidade. Ela é a criadora do blog La Fatshionista, onde compartilha suas experiências e perspectivas de uma vida cheia de curvas, sem deixar de lado a moda, a beleza, o humor e o amor próprio.

3º Caterina Moretti (locutora profissional): Nascida no Chile, ela é locutora e influencer. Sempre participou de espaços inclusivos e contou com o amor e apoio da família. É comunicadora profissional e uma representante na luta pela visibilidade das pessoas com deficiência, principalmente, com síndrome de Down.

4º Vivi Duarte (CEO do Plano Feminino e CEO do BuzzFeed Brasil): Jornalista e empreendedora social, Viviane é CEO do Plano Feminino – consultoria para empresas e marcas com foco em gênero, raça e diversidade. É também presidente do Instituto Plano de Menina e, atualmente, CEO do BuzzFeed Brasil.

5º Emicida (músico, escritor, compositor, apresentador e empresário): Foi um dos principais responsáveis por abrir espaço para o rap brasileiro na grande mídia e desmarginalizar a cultura hip-hop. Tocou nos palcos mais renomados do mundo como Coachella, Montreux Jazz Festival e Lollapalooza.

6º Lila Downs (cantora, compositora, produtora, antropóloga e ativista): Nascida no México, é cantora, compositora, produtora, atriz e antropóloga. Além de cantar em espanhol e inglês, ela também executa melodias em várias línguas nativas de seu país. É ativista de diversos projetos culturais e sociais, dando voz a migrantes e povos indígenas.

Diversidade e inclusão

Pesquisas mostram que as empresas que abraçam a inclusão têm mais probabilidade de acessar novas oportunidades de negócios. A Accenture estima que empresas focadas em igualdade relatam vendas 2,2 vezes maiores e lucros 3,2 vezes maiores do que suas pares.

A empresa revela que percebeu isso há algum tempo e que, inclusive, construiu uma ferramenta chamada Ads for Equality, uma iniciativa nascida na América Latina que usa dados para ajudar os anunciantes a criar campanhas mais inclusivas e representativas.

“A América Latina é uma região poderosa. Nossa criatividade e resiliência nos ajudam a transformar desafios em oportunidades, especialmente quando colocamos nossas experiências diversas em prática”, afirma Maren Lau, Vice-Presidente regional para a América Latina do Facebook.

O Facebook IQ, área de pesquisa da empresa, conversou com mais de 6.000 pessoas na América Latina e descobriu que 60% delas acreditam que seu ambiente de trabalho é indiferente ou não muito receptivo à diversidade. Ao mesmo tempo, 70% avaliam que o assunto é extremamente urgente e deve ser tratado com propósito e responsabilidade.

O Facebook LATAM Season está disponível em espanhol, português e inglês e pode ser assistido no Facebook Watch e no website da série fb.me/latamseason.

Assista ao primeiro episódio:

Escrito por Rafa Ventura

Vem aí: Pabllo Vittar avisa que novo álbum está praticamente pronto

BBB 21: Nego Di quebra contrato de exclusividade com a Globo e não teme multa de R$ 1,5 milhão