in

Exclusivo: artistas respondem quais músicas pop mais amaram em 2018!

Você provavelmente já olhou em sua plataforma digital favorita quais músicas você mais ouviu em 2018. Foram tantos sucessos nacionais e internacionais que bombaram neste ano! O POPline foi atrás de artistas brasileiros para saber quais faixas fizeram a cabeça deles! Algumas respostas são mesmo surpreendentes – como Pabllo Vittar gamada em “…Baby One More Time” 20 anos após o lançamento. O resultado é uma seleção bastante eclética, representativa da cena pop diversificada atual. Confira!

“thank u, next” – Ariana Grande

O primeiro single nº1 da cantora na Billboard Hot 100 conquistou o mundo inteiro e caiu no gosto também dos artistas por aqui. “Não dá para não falar da Ariana. Eu sou muito fã. Gosto muito. Acho que é uma das minhas cantoras pop prediletas. ‘thank u, next’ é realmente muito boa. Olhando como produtor, o arranjo e a composição são muito acertados”, diz Silva.

Nesta música, Ariana Grande cita nomes de ex-namorados e agradece a todos eles pelo que aprendeu com cada um. A canção foi lançada meia hora antes do ex-noivo Pete Davidson aparecer no “Saturday Night Live” (sabia-se que ele faria uma menção ao término). “Gosto muito quando uma música é um reflexo da tua jornada e da tua alma, e a Ariana fez isso de modo bastante literal, mas muito inteligente”, diz Jão, “além disso, as harmonias e o uso muito correto da voz dela fazem essa música uma das mais grudentas dos últimos anos”.

A cantora Clau destaca que não só “thank u, next”, mas todo o trabalho de Ariana Grande fez sua cabeça em 2018. “Ela pra mim foi uma artista incrível esse ano, se destacou muito nas músicas, nos videoclipes, nas performances. Trouxe um material impecável e inovador pra cultura pop e com certeza é uma cantora referência pra mim. Esse ano ela surpreendeu e eu me apaixonei ainda mais pelo trabalho dela”, revela.

“Nothing Breaks Like a Heart” – Mark Ronson feat. Miley Cyrus

A primeira parceria entre Mark e Miley também rendeu. O single já conquistou o Top 5 na parada britânica e também chamou a atenção de nossos artistas pop nacionais. Jade Baraldo, por exemplo, é fã da música. “Amo a Miley há muito tempo, desde ‘Hannah Montana’, e amo essa pegada folk original que ela está levando para o pop. Dá pra ver que é a verdade dela ali. Sem contar na personalidade da letra. Tudo muito original como ela”, elogia.

“Nothing Breaks Like a Heart” também foi uma das mais ouvidas de Sophia Abrahão em 2018. “Gosto muito do Mark Ronson. Ele produziu desde Amy [Winehouse] até Bruno Mars, e adoro a Miley também, então sabia que ia ser uma música maravilhosa”, pontua.

“O Sol” – Vitor Kley

E como tocou essa música, né?! Daya amou. “Ela tem uma mensagem linda, uma vibe positiva e eu incluí ela no meu show. Com certeza foi a que mais ouvi esse ano”, diz.

“Havana” – Camila Cabello feat. Young Thug

A música que catapultou a carreira solo de Camila virou sucesso global. Não há quem não tenha entrado em contato com “Havana oh na na” de alguma maneira. “Eu ouvi no repeat durante meses seguidos – na esteira, no carro, em casa, nos sets de filmagem”, confessa Samantha Schmütz, “é uma música que me remete à força e à sensualidade da mulher latina”.

“Dona de Mim” – IZA

Terceiro single do álbum homônimo da IZA, a música lhe rendeu sua primeira balada famosa. Aretuza Lovi se tornou fã. “É uma faixa que fala das dificuldades que passamos mas que tudo pode dar certo se acreditarmos no nosso potencial”, indica a drag queen, “nos tornamos realmente donos de si quando entendemos nossos sonhos. É uma música que me fortaleceu, que me incentivou muito. E ainda abriu minha cabeça para novos horizontes e impulsionou minhas metas.”

“Made For Now” – Janet Jackson & Daddy Yankee

A americana se aliou ao astro latino – vindo de “Despacito” – para o single, que lhe rendeu sua primeira entrada na Billboard Hot 100 em três anos. “Foi a mais executada na minha plataforma digital!”, revela Francinne, “amo a Janet e junto com Daddy Yankee ficou a mistura perfeita! É aquela música que te tira de qualquer vibe ruim e levanta o astral. E sem falar que a música é um pop/reggaeton que eu amo!”.

“Seu Crime” – Pabllo Vittar

Lado B do álbum “Não Para Não”, lançado neste ano. Essa música ainda não foi trabalhada como single, mas saltou aos ouvidos de Davi. “É Brasil pop perfection! Traz uma produção com beats pop e um drop explosão com o acordeon comendo, junto com arrocha e forró. A melodia também é pop, mas se mistura com raízes do Brasil, remetendo a sonoridade do calypso, com uma letra muito boa de cantar e uma chamada que pega muito, com aquele agudinho que todo mundo gosta, ‘seu crime FOIII me amaaaarrr’. Bom demais!!”, elogia.

“Electricity” – Silk City feat. Dua Lipa

A parceria da inglesa com os produtores americanos Diplo e Mark Ronson entreteve os fãs enquanto o álbum novo dela não fica pronto. “Nossa senhora! É a uma das minhas músicas favoritas do ano”, entrega Lexa, “é uma das que mais escutei. Sem dúvidas. ‘Electricity’ tem uma batida… quando entra tipo uma mixer na voz dela parece a Cher cantando. É sensacional”.

“Ouvi Dizer” – Melim

Uma das grandes apostas musicais para 2018 se concretizou: o grupo Melim realmente aconteceu. “Acompanho Melim há um tempo e depois que lançaram o álbum fiquei super feliz”, diz Jeniffer Nascimento, “já gostava das suas versões em acústico e tinha medo de não gostar tanto depois que elas ganhassem uma produção maior, mas aconteceu o contrário. Tudo ficou ainda melhor e eu passei a ouvir ainda mais”.

“Malamente” – Rosalía

O single duas vezes premiado no Grammy Latino fez a cabeça de Mateus Carrilho. “Essa ano eu me apaixonei por diversos artistas que não conhecia, mas eu preciso falar de duas que realmente me pegaram de jeito. A primeira e mais intensa foi a Rosalía com ‘Malamente’. De tempos em tempos, eu tenho esses surtos por alguém e eu realmente fiquei obcecado por ela e pelo seu talento que já chegou com o pé na porta”, compartilha o cantor, “outra artista que eu preciso citar é a Teyana Taylor (a moça do clipe do Kanye), que lançou um disco incrível chamado ‘K.T.S.E.’ e minha música favorita é a ‘Gonna Love Me'”.

“Pouca Pausa” – Clau, Cortesia Da Casa, Haikaiss

Bombou. Com 41 milhões de visualizações no Youtube, o single também se saiu bem no Spotify, e conquistou um público novo para Clau. “Que música boa! Pra dançar e pra outras cositas más também! (risos)”, confidencia Lary, “cheguei a mandar pra ela o print do meu app de música, me dando sugestões de músicas parecidas com ‘Pouca Pausa’ de tanto que ouvi! Envolvente, sensual e muito gostosa!”.

“Lil Bebe” – DaniLeigh

Não é todo mundo que conhece a cantora americana no Brasil, mas Karol Conka é uma admiradora da artista. “Gosto como ela canta, o timbre de voz é doce e potente ao mesmo tempo. Coloco no repeat e perco a conta de quantas vezes deixo tocando”, indica.

“Brisa” – 5 a Seco

Sandy se encantou com o álbum novo da 5 a Seco, banda que ela mais escutou em 2018. “Eu gosto de todas as músicas desse disco deles. É um álbum que se chama ‘Síntese’. É o mais novo que saiu. ‘Brisa’ fica muito na minha cabeça, e sempre ouço bastante, mas tem várias que eu adoro”, conta.

Os fãs de Post Malone

Para quem acompanha as paradas internacionais, 2018 certamente foi o ano de Post Malone. Ele está indicado a quatro Grammys depois de colocar dois singles no topo da Billboard Hot 100 em menos de um ano. As músicas do álbum “Beerbongs & Bentleys” conquistaram fãs.

“Nesse ano eu ouvi muito Post Malone”, conta o rapper Projota, “posso destacar a música ‘Better Now’. Tenho ouvido bastante trap e conhecido muita coisa nova também”. Já o cantor Vitor Kley fica com o megahit “rockstar”. ”

Os vintage

Não faltaram lançamentos em 2018, mas música boa atravessa o calendário, né? Acredite se quiser: a música que fez a cabeça de alguns artistas neste ano são… bem antigas! “Manas, por incrível que pareça, ‘…Baby One More Time (1998) foi a música que eu mais ouvi neste ano de 2018”, garante Pabllo Vittar, “já aproveitando o aniversário de 20 aninhos (muito novinha ela) – agora em janeiro de 2019 – desse clássico da nossa princesa, não é mesmo?! É dançante, é Britney, é a minha cara e eu amo muito!”.

Luísa Sonza ficou presa em “Four Five Seconds”, de Rihanna, Kanye West e Paul McCartney. Saulo Poncio, da dupla UM44K, por sua vez, ficou com “All Around the World” de Musa Masa. “Foi a música que marcou muito meu ano, porque fez parte das minhas viagens, fez parte dos momentos mais felizes de 2018, quando viajei com a Gabi para a Califórnia duas vezes… então essa música marcou bem”, conta.

*Com colaboração de Amanda Faia.

Escrito por Leonardo Torres

Ivete Sangalo comandará a contagem regressiva do Festival Virada Salvador! Alok e Safadão também são atrações

Modesto, casamento de Miley Cyrus e Liam Hemsworth custou menos do que você imagina