in

Ex-RBD, Alfonso Herrera se posiciona contra Bolsonaro: “ameaça contra a América Latina”

Enquanto no Brasil o movimento #EleNão toda grande força, tal situação chega também fora do Brasil. Essa é uma ação contra Jair Bolsonaro, candidato a presidente do Brasil que demonstra uma extrema falta de empatia com minorias, conhecido por atitudes homofóbicas e misóginas.

Nesta quinta-feira (20) o mexicano Alfonso Herrera, famoso por ter sido integrante do RBD, se posicionou em suas redes sociais contra Bolsonaro. Ele destacou a capa da revista The Economist que coloca o político como uma ameaça não só para o Brasil, mas também para toda a América Latina. A publicação destaca a crise que o país passa, mas afirma que “tudo pode ficar pior”.

“O senhor deputado Bolsonaro explorou a sua fúria de forma brilhante. Até os escândalos da Lava Jato, ele era um congressista de sete mandatos do estado do Rio de Janeiro. Ele tem uma longa história de ser grosseiramente ofensivo. Ele disse que não iria violentar uma congressista porque ela era “muito feia”; ele disse que preferiria um filho morto a um gay; e ele sugeriu que as pessoas que vivem em assentamentos fundados por escravos fugitivos são gordos e preguiçosos. De repente, essa disposição de quebrar tabus está sendo tomada como prova de que ele é diferente dos políticos da capital, Brasília”, escreveu a revista sobre a situação alarmante.

Na publicação do artista, os seguidores apoiam o posicionamento de Herrera.

Escrito por Caian Nunes

Wanessa Camargo anuncia “música especial” para dezembro e comenta fase: “quis e quero continuar a ser livre”

Gravadora tem grandes expectativas para novo álbum da Avril Lavigne: “precisa de amor e atenção”