Connect with us

Anitta

Especialista no assunto, Gabriela Prioli defende Anitta sobre posicionamento político: “não tá certo alguém se posicionar por pressão”

Saiba como foi.

Published

on

Anitta: Divulgação / Gabriela Prioli: CNN Brasil

Anitta, que tem tomado uma direção bem política em suas redes sociais, recebeu a advogada Gabriela Prioli nesta sexta-feira (08) para uma live em seu Instagram. Ela ficou famosa na TV como comentarista política no canal CNN Brasil. O objetivo foi levar, de forma didática, o assunto da política para que todos entendam.

Em certo momento, foi relembrado os tempos que Anitta foi “cancelada” por resolver não se posicionar politicamente – algo que, claramente, mudou. Prioli defendeu a cantora, dando suas razões.

“Quando as pessoas te pressionaram, e fizeram muito isso, eu lembro super, é muito engraçado que, com esse movimento, a gente afasta as pessoas que a gente quer trazer para a discussão política. Quando você pressiona alguém pra fazer algo que ela não está confortável ainda, você afasta do que você quer que ela faça”, disse ela.

A advogada continuou: “Não tá certo alguém se posicionar politicamente por pressão, as pessoas têm que se posicionar politicamente por convicção. A gente decide como a gente vai exercer a nossa responsabilidade como cidadão. Se a gente vai só lá votar, o voto é secreto, ou vai tomar uma postura mais ativa. Mas se você decide contribuir, eu acho super responsável sua posição, que é: ‘eu não sei muito desse assunto. Então, antes de eu falar pra tanta gente que me segue, eu vou entender melhor’. Mais irresponsáveis são as pessoas que têm muita projeção, mas acabam se posicionando sem saber direito o que aquilo significa. Isso é pior e as pessoas deveriam tomar mais cuidado”, completou.

Anitta disse que, quando foi muito pressionada pelo #EleNão, ela não sabia direito sobre o assunto e procurou se informar antes de qualquer coisa.

Por este motivo, a live foi importante para ensinar sobre os poderes Legislativo, o Executivo e o Judiciário, assim como seus deveres. Também foi discutido o fato de que o presidente Jair Bolsonaro não deu um norte sobre a situação do Coronavírus, ficando na função de cada estado e município criar as próprias regras de combate e prevenção.

Para a próxima semana, elas marcaram uma live para falar sobre os conceitos de “direita” e “esquerda”.

Assista:

HojeTemLive.com.br




Ranking