Lina afirmou que o termo utilizado por Rodrigo é agressivo. Foto: Reprodução/ Globoplay
in ,

Errou 2 vezes: Rodrigo diz à Lina que “não quis ‘denegrir’ ao dizer ‘traveco'”

Brother perguntou para sister se a palavra é ofensiva: “Com certeza, você não sente?”, indagou a cantora

Após dizer o termo pejorativo “traveco” em conversa com Eliezer na madrugada desta sexta-feira (21), Rodrigo ficou com medo de ser cancelado e, assim que acordou, foi conversar com Lina do lado de fora da casa para perguntar se a palavra realmente era ofensiva para pessoas trans e travestis.

Foto: Reprodução/ Globoplay

LEIA MAIS:

Eu fiquei muito mal, na hora e ele [Vyni] me corrigiu. Depois disso não consegui dormir mais, porque é muito ruim falar algo que alguém pode se ofender. Mas ninguém tem a obrigação de me desculpar, não“, iniciou.

Então, depois de perguntar se o termo realmente era pejorativo a cantora respondeu, calma: “Com certeza, você não sente quando fala?“. Foi então que, na tentativa de se explicar, o participante do time pipoca usou mais uma expressão pejorativa, e desta vez, racista:

É que não foi na intenção de denegrir“. Linna retruca: “Entendi, acho que isso é uma questão de se corrigir mesmo, sentindo que essa palavra é ofensiva, vindo principalmente desse lugar dos ‘normais’, para se referir a nós. E daí é só não usar essa palavra“.

Rodrigo garante que nunca mais vai repetir e a cantora reitera: “Nem denegrir é legal. Porque vem do negro, né? Eu não uso“. O brother pede desculpas novamente e Lina diz que está tudo bem, que se ele tivesse usado essa palavra com ela, a artista ficaria incomodada.

O pipoca repete que sabe que ela não tem obrigação de ficar ensinando ele e a sister diz: “Se me deixar desconfortável eu vou falar e não porque vou querer te orientar. Quando a gente diz sobre lugar de fala, todo mundo tem lugar de fala”.

Leia mais: 

 

Depois disso os dois se abraçam e Rodrigo desabafa:”Você é muito tranquila. Achei que ia tomar uma porrada“, Lina sorri e diz que não faria isso.

Vale ressaltar que o termo “traveco”, de fato, é apontado pelas travestis como transfóbico, pois possui uma conotação de chacota e ironização. Além disso, é importante enfatizar que o uso da palavra “denegrir” é, sim, racista. Sempre que alguém utiliza essa palavra é para dizer que está sendo difamado ou injustiçado por outra pessoa.

Segundo o dicionário Aurélio, a definição de “denegrir” é “tornar negro, escurecer”. Então, o uso desse termo é pejorativo e preconceituoso.

Curtiu esta matéria? Clique aqui para ler mais conteúdos do Oh My God! by POPline. Tem listas, curiosidades, virais, celebs, k-pop, reality shows e muito mais sobre cultura pop!

Escrito por Bárbara Correa

Melody entra pela primeira vez no top 100 do Spotify após polêmicas

Com “Assalto Perigoso”, Melody entra pela primeira vez no Top 50 do Spotify

briga entre irmãs

Jamie Lynn conta que não desempenhou nenhum papel na tutela de Britney Spears