in

Erasure: Lendas do pop eletrônico celebram 30 anos de carreira no Brasil com hits e 17º álbum de estúdio

Com mais de 30 anos de carreira, o Erasure está a caminho do Brasil com a turnê do seu 17º álbum de estúdio, “World Be Gone”, lançado em maio do ano passado. O synthpop, pai do pop eletrônico que a nova geração foi exposta à exaustão nos anos 2000, está lá, mais moderno, e mesmo quem vai prestigiar a banda focado em ouvir os clássicos não se decepcionará.

Mas antes do POPline trazer para você detalhes do show dessas lendas da música neste final de semana em Curitiba, São Paulo e no Rio de Janeiro, é sempre gostoso trazer aquele ar de nostalgia para os que já conhecem e mostrar a importância da banda aos não familiarizados. Então, a gente preparou um curto dossiê sobre a dupla!

Quem nasceu na década de 1980 ou tem pais ligados à música certamente já ouviu Erasure em algum momento da vida, mesmo que não tenha “ligado o nome da banda ao hit”. Na verdade, são muitos os hits! O duo formado pelo vocalista Vince Clarke e pelo tecladista Andy Bell tem um histórico de dar inveja e reúne em sua discografia hinos representativos da década como “A Little Respect”, “Love to Hate You”, “Blue Savannah”, “Stop!”, “Oh L’Amour”, “Lay All Your Love On Me” e “Always”.

Para a nova geração apegada a números: são 5 singles número 1 no Reino Unido, 17 dentro do Top 10 da Official Charts, 35 dentro do Top 40, 5 álbuns em primeiro lugar, 9 dentro do Top 10 e 14 no Top 40. Nos Estados Unidos, o maior mercado fonográfico do mundo, foram 6 músicas na Hot 100, 17 discos na Billboard 200 e várias entradas em diversas paradas de dance, rádio, alternativo, vendas de vinis e até rock. Grande parte dessas conquistas em um mundo sem streaming, com vendas diretas e divulgação restrita aos grandes veículos – ou seja, sem o apoio das redes sociais.

Recentemente, o Erasure retornou às paradas mundiais conquistando mais um gênero nessa lista eclética: o clássico. O “World Beyond” liderou a “Classical Albums” e a “Classical Crossover Albums”, ambas da Billboard, em março. O projeto é uma reinterpretação clássica do “World Be Gone” em colaboração com o Echo Collective.

Mas a importância da dupla não é só na música. Somado a outros artistas importantes da cena synthpop, a banda levantou a bandeira da diversidade e fez coro na luta contra o preconceito. O Erasure foi rotulado incansavelmente de “grupo gay”, assim como Pet Shop Boys e o Duran Duran. Andy é soropositivo e mesmo enfrentando críticas e rejeição nunca deixou que isso atrapalhasse a sua arte, insistindo em glitters e penugens nos figurinos. O músico colocou tudo em suas composições e sempre relata com carinho encontro com fãs que afirmam que “a música mudou sua vida”.

A importância do Erasure para a cena é tanta que o álbum “The Innocents”, lançado em 1988, foi incluído na lista dos “discos mais gays da história” pela revista Out. O álbum, cheio de músicas de coração partido e angústias, é encabeçado por “A Little Respect” (um pouco de respeito, em inglês), considerado o maior hit da carreira da dupla.

Depois de excursionar por mais de 20 cidades europeias ao lado do cantor Robbie Williams, o Erasure desembarca no Brasil pela quarta vez para repassar um importante capítulo da cena eletrônica britânica. O shows serão promovidos pela MOVE Concerts, como parte do projeto Concerts Series Live Music Rocks. Curiosidade: Com 1,5 milhão de ouvintes mensais apenas no Spotify, a banda tem em SP sua quarta maior audiência no aplicativo de streaming.

Confira as informações dos shows:

Erasure – Curitiba
Dia: 10/05/2018
Local: Teatro Positivo
Classificação Etária: 16 anos.
Abertura portões: 19h3045
Horário do Show Erasure: 21h15

Erasure – São Paulo
Data: 11/05/2018
Local: Espaço das Américas
Classificação Etária: 18 anos. Menores de 18 anos somente acompanhados dos pais ou responsável legal
Abertura portões: 19h30
Atração de abertura (DJ): 21h15
Horário do Show Erasure: 22h30

Erasure – Rio de Janeiro
Data: 12/05/2018
Local: Vivo Rio
Classificação Etária: 18 anos. Menores de 18 anos somente acompanhados dos pais ou responsável legal
Abertura portões: 22h00
Atrações de abertura: 2hH00 (DJ 1), 23h00 (DJ2)
Show do Erasure: 00h00
DJ 3: 01h30

As vendas acontecem via Livepass.

Escrito por Amanda Faia

Meek Mill está meio pê da vida com Nicki Minaj

Jojo Todynho faz show para 25 mil pessoas em Portugal