in ,

Equipe emite comunicado sobre o estado de saúde de Ludmilla

Foto: Reprodução / Instagram
Logo cedo desta quarta-feira (13) os fãs tiveram um baque de que Ludmilla está internada. A preocupação inicial foi sobre o coronavírus, pandemia que assola o mundo, mas era sobre outra coisa. Seu caso é complicado, mas tem cura. Atualmente, ela precisa de cuidados e observação médica. Na mesma noite, a equipe da cantora emitiu um comunicado oficial esclarecendo sobre a situação.
Leia:
“A cantora Ludmilla, conforme comunicado, foi internada nesta madrugada em hospital no Rio de Janeiro após sentir fortes dores abdominais. Diagnosticada com pielonefrite aguda complicada, espécie de processo inflamatório no rim, a cantora está com pus nos órgãos excretores e com muita dor.
Ludmilla foi medicada, está em observação e sem previsão de alta.
Devido às atualizações de seu quadro, a live que a cantora faria no próximo sábado, 16, está cancelada no momento e terá nova data divulgada assim que for possível”.

 

Ver essa foto no Instagram

 

❤️

Uma publicação compartilhada por Ludmilla (@ludmilla) em


Muitos artistas desejaram melhoras nos comentários.
“Melhoras mozona”, escreveu a cantora Pabllo Vittar.
“Em orações pra que você melhore o quanto antes”, desejou Thelma, vencedora do reality show Big Brother Brasil 20.
“Orando por você minha amiga”, comentou o pagodeiro Ferrugem.
“Rezando por você amiga”, avisou Luísa Sonza.
“melhoras amiga”, disse Vitão.
Mais cedo ela fez uma publicação segurando a mão de sua esposa Brunna Gonçalves, Ludmilla escreveu: “Na saúde e na doença, na pobreza e na riqueza”, relembrando os tradicionais votos de casamento.

Ludmilla publica foto segurando a mão de sua esposa em um quarto de hospital no Rio de Janeiro Foto: Reprodução / Instagram

Entenda melhor sobre o caso de saúde de Ludmilla com a explicação em vídeo de Drauzio Varella:

“Pielonefrite é uma doença inflamatória infecciosa, potencialmente grave, causada por bactérias. Ela acomete o parênquima renal, onde se localizam as estruturas funcionais produtoras de urina, e o bacinete (ou pelve renal), porção dilatada do rim, com o formato aproximado de um funil, cuja função é facilitar o fluxo da urina pelos ureteres, a fim de que seja armazenada na bexiga e depois eliminada pela uretra”, explica o médico em página da web. “A pielonefreite pode ser uma enfermidade aguda ou crônica. Na forma aguda, a infecção bacteriana surge de uma hora para outra e compromete o funcionamento dos rins. Embora na maior parte das vezes seja um episódio reversível, se não tratada, pode pode evoluir para uma doença renal crônica, uma complicação potencialmente grave”, continua.

No caso de Ludmilla, ela está sendo tratada com os melhores profissionais e tem todos os motivos para a melhora.

Escrito por Caian Nunes

“Um Dia de Chuva em Nova York”: Filme com Selena Gomez se torna a maior bilheteria global durante pandemia

Divulgação

Cerveja Hoegaarden se une ao projeto Paint & Jazz para promover nova experiência de arte e música