Entrevista sobre o novo álbum da Wanessa Camargo
Foto: Divulgação
in

Entrevista: Wanessa Camargo destaca faixas do novo álbum “Universo Invertido”

Cantora falou com exclusividade ao Portal POPline.

Após 20 anos de carreira, um artista não precisa mais provar nada para ninguém. O legado é intocável, ninguém vai tirar. É o caso de Wanessa Camargo. No entanto, no caso dela, ela faz questão de trazer algo novo. Trata-se do novo álbum, o “Universo Invertido” – 9º de estúdio de sua carreira, lançado nesta sexta-feira (09).

Wanessa Camargo descreve single novo: "não é apenas uma música pop para se divertir e dançar"
(Foto: Divulgação)

O Portal POPline conversou com a Wanessa Camargo para saber detalhes sobre essa nova fase que é, ao mesmo tempo, uma celebração aos seus 20 anos de carreira. Para aquecer, propomos uma dinâmica. Foram dados alguns temas e ela escolheu a faixa do novo álbum que melhor se encaixa. Confira!

Desafio das músicas

Uma música que vai ser queridinha dos fãs, que sempre vai ser pedida nos shows:
Vai ser “Nosso Som“, com certezaaaa!!!

Uma música que não é de trabalho, mas tem cara de hit:
O Segredo“, que abre o álbum, eu amoo! A produção é sensacional!

A mais emocionante:
Acredito que seja “Vou Lembrar”. Mas todas te pegam!

A mais dançante:
Sozinha“, é logicoooo! É na verdade a única grande faixa dançante do disco, que é mais intimista e me leva até o final onde eu canto essa faixa como uma libertação.

Entrevista

Depois de 20 anos, você está lançando o 9º álbum de sua carreira. Como você se enxerga como artista nesse momento?
Primeiramente obrigada em divulgar mais uma vez meu trabalho, amores! Nesses 20 anos de carreira o apoio de vocês tem sido tão constante! Eu tenho me visto muito feliz e realizada como artista, sabe? A minha independência, poder cantar o que eu sinto, me expressar através da arte. Acho que isso sempre foi tudo o que eu quis.

Você descreveu o “Universo Invertido” como um diário aberto. Até que ponto da sua vida pessoal você vai?
Eu vou até à raiz!

O título “Universo Invertido” é bem interessante. Tem a ver com um lado místico. Conta mais sobre isso?
Siiiim! Esse álbum ele vai muito além das músicas, o trabalho de design tem sido um grande aliado e que vai nos ajudar a contar a história. Não sei se vocês notaram o triangulo invertido na capa e também no logo. O triangulo representa o feminino, o nosso portal. Nós vivemos em uma sociedade patriarcal, mas nem sempre foi assim – já existiram sociedades matriarcais que cuidaram do mundo, que tinham esse contato supremo com a natureza. Invertendo esse triangulo, esse álbum é a minha perspectiva feminina do universo. Toda a história pessoal ali ela é contada através da perspectiva da mulher, dos desafios e tudo mais. Enfim, quando sair o encarte vocês vão entender tudo. Estamos inclusive criando um site para falar sobre todas essas simbologias.

Falando da capa, você é do tipo que se envolve nessa questão visual? Qual é o conceito?
Todo o contexto desse álbum será falado através do design, do visual, e eu me envolvo muuuuito nisso! Minha equipe que é incrível, tinha criado uma capa super clean e tudo mais, mas eu não quis (risos)! Eu quis trazer as simbologias, as cores fortes e as camadas.

Você disse que “tem se apaixonado novamente pelo que faz”. Qual foi a motivação?
Eu estou me apaixonando novamente porque eu estou me conectando mais com a minha essência, tanto pessoal quanto profissional. A arte de cantar, de me expressar através da minha voz e das minhas composições – sem pressões mercadológicas. Tem sido tudo tão leve, sabe?

Houve um momento em que você se sentiu desmotivada?
Quando eu estive desmotivada, foi justamente porque essas pressões me afastaram da arte.

Wanessa Camargo entrevista sincera
Foto: Divulgação

Junto com o álbum, veio “Sozinha”, que é um reggaeton. Impossível não lembrar de “Amor Amor”! O que te motivou a voltar a esse estilo?
A música é do Ender Thomas, o mesmo que criou “Mulher Gato”. Ele é de Miami, então está na veia dele a música latina. Essa faixa nós iríamos lançar depois de “LOKO!” mas preferi guardar para um outro momento. E agora ela está aí pra todo mundo ouvir!

Como foi gravar o clipe na quarentena?
Foi delicado e super cuidadoso, com equipe reduzida e tudo mais. Por isso estarei sozinha nele, foi muuuuuito divertido. A pessoa que vocês vão ver dançando lá é quem realmente sou dentro de casa.

“Vou Lembrar” marcou um retorno importante da sua carreira. Qual é a importância dela?
Vou Lembrar é tão especial. No projeto gráfico, vai ser o momento onde terão fotos com os meus fãs. Ela é linda, nostálgica, lembra os meus melhores amigos, pessoas que eu não consigo mais ver, mas que continuam aqui no meu peito. Assim como todos os meus fãs, que obviamente também são meus amigos. Enfim, é uma música muito próxima do meu coração.

Com 20 anos de carreira, acho impressionante seu legado. Às vezes as pessoas não se dão conta da quantidade de sucessos que você tem. O documentário “W.DOC” foi muito importante para refrescar a cabeça das pessoas, não é mesmo?
Eu amo o W.DOC, foi um projeto que nasceu na quarentena e foi até bom para que eu mesma olhasse o tanto que eu trabalhei! É de uma gratidão imensa ver que estou aqui até hoje podendo trabalhar e fazer a minha arte!

Teve alguma situação que você contou no documentário e as pessoas ainda não sabiam?
Eu acho que são várias situações, todo esse processo de ver, rever e muitas curiosidades, acredito que pegou muitas pessoas de surpresa.

Escrito por Caian Nunes

Zé Felipe e Virgínia Fonseca estão esperando o primeiro filho

Gusttavo Lima surge com aliança e apaga post de separação. Jornalista aponta volta com Andressa Suita. Foto: Divulgação

Gusttavo Lima nega traição e irmão de Andressa Suita manda indireta sobre término: ‘Nenhuma surpresa’