Foto: Gabriela Schmidt
in ,

Entrevista: Manu Gavassi diz que o álbum “Gracinha” mudou o jeito de encarar sua carreira

“A ideia surgiu no final do ano passado, quando eu compus a primeira faixa, a ‘Gracinha’, e tudo fez sentido na minha cabeça”, disse ela.

Nesta sexta-feira (11) Manu Gavassi lançou o novo álbum, “Gracinha“, seu quarto álbum de estúdio. Foram nove meses afastada das redes sociais e dos estímulos externos para chegar ao resultado final. Saiu um trabalho autêntico, que mostra uma Manu que realmente acredita no seu talento de que pode fazer música de qualidade. E ela conseguiu.

O projeto não termina no álbum. No próximo dia 26 a parte visual chegará ao Disney+. É quando os fãs vão poder conferir por completo toda essa concepção.

> EMA 2021: Manu Gavassi é presença confirmada na premiação

Foto: Divulgação

O Portal POPline foi uma das primeiras entrevistas que ela deu após o período de reclusão. Em conversa virtual, ela afirmou que estava realmente fez de finalmente poder falar sobre o “Gracinha”. Ela nos deu detalhes de todo o processo de criação, seus sentimentos e expectativas.

Assista à entrevista completa:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por POPline 🎧 (@portalpopline)

Leia Mais:

O título “Gracinha” significa muito mais do que você pensa, por vários motivos. Um deles é que essa foi a primeira música que ela criou e criou todo o conceito do álbum.

“A ideia surgiu no final do ano passado, quando eu compus a primeira faixa, a ‘Gracinha’, e tudo fez sentido na minha cabeça, porque eu falei: ‘eu tenho que juntar tudo o que eu sei fazer’. Então tem que ser um álbum visual, não só musical”, lembrou Manu Gavassi.

Foto: Gabriela Schmidt

Para a criação do projeto, ela passou 9 meses afastada das redes sociais. Esse é um bom tempo, mas para ela foi essencial para criar sua verdadeira arte sem influencias externas.

Aconteceu um evento na minha vida, de fato o meu celular caiu no mar no dia do meu aniversário. Depois daquilo eu falei: ‘já que eu vou ter que me dedicar a fazer meu álbum, deixa eu tentar fazer isso sem intervenção das redes. E foi muito especial“, ressaltou.

O outro motivo do título “Gracinha” é que, justamente, ela não queria mais fazer gracinhas. Era o momento de levar sua carreira a sério.

Eu lembro de uma conversa que eu tive com meu empresário, que eu falei para ele: eu nunca mais vou voltar para a música porque minha carreira musical no momento está pautada em fazer gracinha. Eu sou faço gracinha comigo mesma! Então, como eu vou lançar um álbum que não pode ser pautado só em gracinha?“, lembrou.

Foi o momento de Manu Gavassi se reafirmar como artista:

Eu não conseguia assumir que eu sei fazer essa música, que eu acredito em mim… Então foi um processo muito difícil, mas muito transformador. A música ‘Gracinha’ fala dessa dor, de sentir que você tem que entreter, mas você está quebrada por dentro‘, comentou.

Rir de si própria faz parte dela e não há problema nisso. No entanto, ela provou que pode ser levada a sério.

Manu Gavassi contou que não gravou o álbum em estúdio. Foi um processo totalmente diferente, já que ela alugou uma casa e passou a quarentena lá com seus colaboradores, inclusive o produtor Lucas Silveira. Foi uma verdadeira imersão.

Foto: Gabriela Schmidt

Nadando contra a corrente

Manu Gavassi foi um dos grandes destaques do reality show Big Brother Brasil em 2020. Ela realmente estava em alta, era um dos nomes mais comentados no momento. O que se esperava é que ela realmente lançasse muitas músicas depois disso, mas não aconteceu. Só teve uma, “Deve Ser Horrível Dormir Sem Mim“, com Gloria Groove. Qual foi o motivo dessa decisão? Será que a equipe de marketing dela não tentou convencer ao contrário?

“Eles entenderam que eu estava mal da cabeça. Eles entenderam que eu não estava bem”, soltou ela.

O que mais a incomodava era a cobrança, o tempo inteiro, por aceitação. “Eu não lancei nada, porque eu não tinha que lançar. Eu não queria lançar só mais um… ‘Ah, toma gente, hits’. Isso não me diz nada pessoalmente. Para mim, tem que ter um porquê“, explicou.

Agora que fez sentido, temos entre nós o álbum “Gracinha“. É o momento de aproveitar e valorizar a arte da Manu Gavassi. Vale a pena!

O álbum visual contou com a produção da F/SIMAS, escritório que gerencia a carreira da artista e que também atua como produtora de conteúdo no mercado audiovisual.

Escute ao novo álbum “Gracinha”:

Escrito por Caian Nunes

Virginia veste pijama de R$ 19 mil para inaugurar clínica em SP

ABBA Voyage

ABBA é nº1 no Reino Unido com álbum “Voyage”