Connect with us

Entrevistas

Em entrevista ao POPline, Aurora fala de novo single e relação com o Brasil: “me sinto em casa”

Cantora norueguesa lançou “Exist For Love”, com clipe que marca nova fase na carreira

Published

on

Aurora acaba de lançar seu novo single, “Exist For Love”. A faixa fala de amor e marca o início de uma nova fase na carreira da cantora, mais madura tanto musical como criativamente. Nesta quinta-feira (21), ela concedeu entrevista ao Portal POPline. Na conversa, falou sobre o prazer que tem em escrever música e também desse novo momento, onde abandona traços da infância e juventude para tomar seu lugar como mulher.

Isolada em quarentena devido à pandemia do coronavírus, Aurora disse que tem usado o tempo em casa para criar e explorar as suas facetas como artista, por exemplo.

“Eu sinto que a parte mais divertida de ser artista é o fato que você poder explorar várias outras facetas que, às vezes, não sabia que existia. A música te permite explorar mais quem você”

A norueguesa de 23 anos também falou do seu prazer em escrever músicas e qual impacto consegue enxergar na sua arte. “A razão que eu escrevo música é porque eu sinto que ela pode fazer bem pra nós, humanos, para os nossos corações”, afirma.

Primeira música de amor

“Exist For Love” é a primeira canção de amor da carreira de Aurora. A cantora revelou que chegou a pensar que não existia nenhuma música de amor dentro de si. No entanto, alguns anos atrás, descobriu o quanto ele é sagrado e nos faz humanos e divinos.

“Eu pensava que não existia nenhuma música de amor dentro de mim, até que um dia, alguns anos atrás, eu percebi o quanto o amor é uma coisa sagrada. Sim, ele nos faz humanos, mas também nos faz divinos”

Ela disse ainda que, mesmo sem ter escrito algo sobre o amor romântico, até então, é movida pelo sentimento, “seja pelas pessoas, pela natureza, animais e, óbvio, pela música” , explica. “Mas agora é meu amor para o amor”, complementa.

O novo single contou com a colaboração da premiada compositora Isobel Waller-Bridge nos arranjos. Aurora lançou também um vídeo, que foi dirigido por ela mesma, durante a quarentena.

Assista!

O vídeo é repleto de simbolismos. Os movimentos mostrados nele, por exemplo, são uma metáfora para o nascimento da feminilidade dentro da artista e da necessidade de conexão como parte da experiência humana.

“Foi muito interessante gravar esse clipe que, inclusive, eu dirigi. Agora precisamos ser mais criativos. Eu gosto quando não temos tudo à nossa disposição o tempo todo. Sinto que estamos sendo forçados a encontrar novos caminhos”, disse a cantora. “Agora eu estou em um momento da minha vida mais delicada, mais aberta”, sinalizou.

Indicação ao Oscar

No início desse ano, Aurora participou da cerimônia do Oscar. No palco da premiação, ao lado de Idina Menzel, a cantora performou a canção “Into The Unknown”. A faixa integra a trilha sonora original do filme “Frozen 2” e rendeu à jovem a indicação ao Oscar de “Melhor Canção Original”. No entanto, ela não se deslumbra.

“Honestamente eu não dou tanta importância a premiações. É bom celebrar a arte, a música, o cinema. Isso muda o mundo e eu entendo, mas apenas não gosto. Acho muito opressor”

Para ela, o diferencial desse trabalho foi a oportunidade de poder trabalhar para crianças, que ela ama, por exemplo. “Eu gosto de fazer coisas que tenham a ver com crianças porque eles são o futuro. Eu tenho esperanças que eles farão melhores que nós. Gosto de poder fazer parte da vida deles, pois são importantes”.

Veja a performance de Aurora no Oscar

Relação com o Brasil

Aurora já esteve no Brasil quatro vezes para shows e diz que tem uma relação especial com o nosso país. No ano passado, ela veio como parte da turnê de divulgação de seu segundo álbum de estúdio, intitulado “Infections Of A Different Kind”.

Os shows ocorreram em cinco cidades brasileiras. Primeiro, ela se apresentou em Belo Horizonte.  Depois seguiu para Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba e Porto Alegre.

“Quando eu estou no Brasil, me sinto em casa. As pessoas que estão aí tem muito em comum comigo. Muitos vem de um lugar diferente e são muito abertos.

Nos shows, Aurora cantou músicas do primeiro álbum “All My Demons Greeting Me As A Friend” e faixas do “Infections Of A Different Kind”. O encerramento das apresentações ficou por conta de “Queendom”, canção que homenageia o público LGBTQIA+.

“Tenho muitos amigos brasileiros que são gays e estão lutando pelo direito de amar. Acredito que essa é uma das maiores batalhas dos nossos dias. Eu amo ir ao Brasil e mostrar o meu suporte ao amor. Ele é a única coisa pura que temos. A gente tem que ter o direito de sentir isso. A ignorância me entristece. Eu amo o brasil, amo o povo!”, conclui a cantora.

*Colaborou Pamella Renha

HojeTemLive.com.br




Ranking