(Foto: Reprodução Twitter)
in ,

No “Encontro”, Rodolffo diz quase ter desistido do BBB após fala racista

Sertanejo marcou presença no programa com o parceiro Israel e cantou o hit “Batom de Cereja”

Rodolffo marcou presença no programa “Encontro” com sua dupla Israel nesta terça-feira (13) e em bate-papo com Fátima Bernardes afirmou que pensou em desistir do “BBB 21” logo após ser acusado de racismo por João Luiz durante seu último Jogo da Discórdia.

(Foto: Reprodução Globoplay)

O sertanejo, que está sendo investigado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro sobre o caso, disse que “pensou em sair correndo” depois que o professor de geografia desabafou na dinâmica.

“Eu pensei em sair correndo e dizer: ‘Destrava essa porta para eu ir embora logo’.

Ele declarou que não voltaria para o programa em razão da “pressão psicológica” e contou também que tem recebido apoio do público.

“Graças a Deus o público, depois de rever as imagens e analisar como de fato aconteceram as coisas lá, entenderam que eu não fiz em um lugar maldade. Aqui de fora eu estou recebendo só carinho, nas redes sociais, por onde eu passo”.

Fátima, então, foi um pouco mais fundo na conversa sobre racismo e revelou ter enviado três livros para ajudar Rodolffo a se conscientizar. São eles: “Pequeno manual antirracista” da Djamila Ribeiro, “Quarto de Despejo” da Carolina Maria de Jesus e “Torto arado” de Itamar Vieira Junior.

LEIA MAIS: Rodolffo sugere retorno ao “Domingão do Faustão” e apresentador rebate: “Pega a senha”

O sertanejo, por sua vez, disse que lerá os livros e seu colega Israel voltou a bater na tecla que, apesar do grande acesso a informação, eles não tinham o costume de discutir sobre racismo entre amigos e familiares.

“A gente vai aprender muito com esses livros, mas muita gente não teve essa informação. A gente não discutiu isso em casa, a gente é de escola pública e não foi discutido isso, é um erro”.

Foi quando Rodolffo ressaltou novamente que tem amigos e familiares negros.

“Algumas das pessoas que eu mais amo na minha vida, tanto da minha família quanto de amigos, são negros. Tenho maior orgulho de ter muitos amigos, sem distinção de cor de pele, situação financeira. Detesto esse negócio”.

A apresentadora aproveitou para reforçar que ainda assim é necessário entender o outro e pedir desculpa. E Rodolffo concordou, dizendo por fim:

“Só a situação de magoar outra pessoa já é chato, se a gente for ter empatia e imaginar como se fosse coma a gente, vamos entender que não é bom magoar outra pessoa”.

E, é claro, que a dupla apresentou o hit “Batom de Cereja”, que chegou ao 28º lugar no Spotify global:

Curtiu esta matéria? Clique aqui para ler mais conteúdos do Oh My God! by POPline. Tem listas, curiosidades, virais, celebs, k-pop, reality shows e muito mais sobre cultura pop!

Escrito por Carolina Stramasso

Participantes do The Voice USA são elogiados com “Adore You”

Melody / Instagram

Melody está em dueto com cantora americana