in

Empresário de Ariana Grande culpa período de rompimento com a cantora devido a “namorado bosta”

A carreira de Ariana Grande continua sendo gerida pelo empresário Scooter Braun, mas em 2016 a relação profissional teve um rompimento, quando a cantora o demitiu. Em recente entrevista à Variety, Braun revelou um pouco do que aconteceu na ocasião.

“Eu poderia ter dito muitas coisas e, na verdade, minha equipe queria isso, porque eles estavam chateados”, contou Braun sobre sua demissão de fevereiro de 2016. “Mas eu disse: ‘Não vamos dizer uma palavra, e isso vai voltar’. Eles estavam tipo, ‘Nunca a leve de volta!’, Mas eu apenas disse ‘Vamos ficar quietos e deixar a nossa verdade falar mais alto’”.

Scooter Braun afirma que a culpa do rompimento tem a ver com algum “namorado de bosta”. “E quando os namorados bosta vão embora (risos), ela começa a ver a luz em algumas coisas, e um dia eu recebi um telefonema”, continua Braun. “Ela disse ‘Posso te ver amanhã?’ e eu disse: ‘Não, eu estou ocupado’ (risos) – na verdade eu não podia mesmo, então eu disse, ‘Eu poderia te ver na quinta-feira’ ou qualquer outra coisa e eu fui lá e tivemos uma conversa muito honesta”.

O site E! News relembra que na época Ariana namorava Ricky Alvarez, um dançarino. “Isso me tornou um gerente melhor, número um, permitiu-me saber que posso ser demitido – nunca fui demitido antes”, explica ele.

Atualmente Ariana Grande faz sucesso com o álbum “Sweetener” e já prepara um novo álbum.

Escrito por Caian Nunes

Inspirado pela esposa, Projota anuncia o lançamento do single “A Voz e o Violão” para sexta-feira; Assista prévia!

Ariana Grande diz que já tem um título para seu novo álbum, mas era “Sweetener” não chegou ao fim