in ,

Em clima de balada, Henrique e Diego gravam quarto DVD da carreira em show para fãs e convidados no Rio

Henrique e Diego no palco do YouTube Space (Foto: Lekão)

Aconteceu nesta terça-feira (11) a gravação do quarto DVD da carreira de Henrique e Diego. Cerca de 200 convidados compareceram ao YouTube Space, localizado na Região Portuária do Rio de Janeiro, para curtir o clima de balada com os hits da dupla cuiabana. Mas antes da festa rolar, o POPline foi até o camarim bater um papo com os donos dos hits “Raspão” e “Malbec”. As piadas e o bom humor rolam a todo instante no ambiente, mas a sinceridade se faz presente no discurso de ambos ao enfatizarem que, para este lançamento, sonham com que o público consuma este DVD apenas por causa do repertório, e não por causa das participações especiais. “Se a gente tiver 50 milhões de plays neste álbum na internet, estaremos satisfeitos porque as pessoas foram nos ouvir. Poder projetar músicas inéditas e algumas que nem são da época das plataformas digitais é incrível. Naquela época não tínhamos tanto público porque nossa música não tocava nas rádios. Agora chegou o momento do pessoal ter um DVD particular da dupla”, aposta Diego.

Henrique é quem faz a apresentação formal da dupla e conta como tudo começou. “O Diego já vinha de uma família de músicos. A avó dele era de uma escola de samba e tudo mais. Daí conheci um primo dele que era mais velho que a gente e que trabalhava numa banda-baile. Comecei a trabalhar com eles como roadie e através dele que conheci o Diego e a família dele. E quando surgiu a oportunidade pro Diego entrar pra essa banda-baile, ele se desligou do universo de samba que ele participava e teve de aprender a tocar de tudo um pouco”. O encaixe das vozes veio de forma natural, contou: “Quando surgiu a possibilidade de cantarmos, ele mandou uma segunda [voz], eu a primeira [voz], e a coisa encaixou. Naquela época, quem via como funcionávamos bem juntos, achava que era ensaiado. E daí as pessoas começaram a comentar que deveríamos montar uma dupla. Mas tenho que dizer que não nasci querendo montar uma dupla sertaneja. Não era meu sonho, nem o dele. Legal podermos falar isso de coração com você, porque a coisa foi acontecendo e isso se tornou um sonho musical.”

A sonoridade contemporânea da dupla também entrou na pauta. E eles encontraram resistência no início para poder fazer a mescla de sertanejo com funk, pagode e hip hop, por exemplo. “Nos três primeiros anos da dupla, os contratantes não nos aceitavam sem o chapéu e a bota. Isso por volta de 2002, 2003. Nessa época, pra entrar em casas noturnas, você não podia cantar outra coisa que não fosse sertanejo. E pra nós que temos um pé no samba, no axé, no rock, no rap, isso ficou guardado pros momentos que deixavam a gente cantar esse estilo. E a galera de Goiás, de Minas foi curtindo. Aí a rapaziada de São Paulo começou a fazer essas mesclas no som também e acabou virando algo comercial. Nós já estávamos morando no Paraná e a gente já tinha começado essa história do sertanejo misturado com um monte de coisas. Foi um momento muito especial em que tivemos o timing certo para mostrar nossa versatilidade”, completou Henrique.

Foto: Lekão

O repertório do DVD contará com 15 músicas, sendo 7 delas inéditas. Como pais que têm a árdua missão de apontar o filho preferido, a dupla elege algumas de suas favoritas: “Espelho Meu”, “A Noite Toda (Vixi)”, “Boca Ocupada” e “Amor de Cerveja” são as apostas. Mas elegem, sem rodeios, a canção definitiva da carreira: “‘Suíte 14’ é sem dúvidas o divisor de águas da nossa carreira. O Brasil conheceu a gente por causa dela”, diz Diego sobre a canção gravada em parceria com MC Guimê, numa aproximação com o universo pop do qual parecem estar muito acostumados. Anitta já cantou música deles, Simone e Simaria dividiu o microfone no último DVD, lançado em 2017. Até mesmo Neymar já ganhou música composta por eles e fez questão de participar do clipe. Mas o ídolo máximo da dupla é Roberto Carlos. “A gente conversa sobre tanta coisa que ele fez. Filmes, discos, shows. É o rei mesmo, né? Poucas pessoas fizeram algo tão grandioso pelo país. Ele, Ayrton Senna, Xuxa”, enumera Henrique.

E após falar um pouco de seus ídolos, é a vez do lado fã dar lugar aos artistas que subirão ao palco para escreverem mais um capítulo dessa trajetória iniciada em 2005. Com uma banda afiada de oito músicos (com destaque para os dois percussionistas), Henrique e Diego esbanjam carisma em letras safadinhas como as de “Das 9 às 6” e “Parede Apanhando Pra Cama”. E contrariando a premissa de gravações demoradas, a maior parte das músicas foi gravada em único take. Mas entre uma canção e outra havia espaço para conversar com a plateia, relembrar trecho de sucessos como “Raspão” (que não estava no setlist oficial para o DVD), entregar toalhinhas encharcadas de suor e pontuais trocas de roupa. Henrique até brincou dizendo ter feito dieta para a gravação, mas que só perdeu dois quilos. Quem também deu uma palhinha no fim do show foi Fernando, que faz dupla com Sorocaba.

A estratégia da gravadora Sony Music é disponibilizar os singles deste projeto – áudio e vídeo – aos poucos. A produção musical ficou por conta de Fernando Zor e a direção é de Fernando Trevisan “Catatau”. Ainda não há informações sobre data de lançamento oficial. Mas os fãs podem estar certos de que o novo DVD mostrará uma dupla em ascensão, com carisma e algum senso pop para dominar as listas das mais tocadas do país pelos próximos meses.

Setlist:
1. Das 9 às 6
2. Parede Apanhando Pra Cama
3. Vezinho Azul *
4. Espelho Meu *
5. Condição *
6. A Noite Toda (Vixi) *
7. No Sofá Da Sala *
8. Amor De Cerveja *
9. Boca Ocupada *
10. Discurso Decorado
11. Esqueci Você
12. Com Você
13. Vai Ser Mancada
14. Ela Só Queria Amor
15. 5 Horas da Manhã / Vou Me Entregar

(*) músicas inéditas

Escrito por Daiv Santos

Niall Horan lança clipe ao vivo para “Finally Free”

ROCKline: Paul McCartney fala sobre crítica de “pior baixista” feita por Quincy Jones