Filme Eduardo e Mônica (da música da Legião Urbana!) ganha data de estreia
(Foto: Divulgação)
in ,

Eduardo e Mônica: filme baseado em música de Renato Russo ganha trailer

Longa estreia no dia 6 de janeiro de 2022. Assista ao corte!

Os fãs cinéfilos do Legião Urbana já podem começar a se preparar pra ir ao cinema, porque vem aí o filme “Eduardo e Mônica”, baseado no clássico de Renato Russo. O longa ganhou um trailer nesta segunda-feira (6), que já está disponível no YouTube.

Leia Mais:

Filme Eduardo e Mônica (da música da Legião Urbana!) ganha data de estreia
Alice Braga e Gabriel Leone nas gravações de “Eduardo e Mônica”. (Foto: Divulgação)

“Eduardo e Mônica” chegará aos cinemas no dia 6 de janeiro de 2022. Como o nome já diz, a produção é baseada na música de mesmo nome, um dos maiores clássicos da Legião Urbana, lançado no álbum “Dois” de 1986.

O filme, que é estrelado por Gabriel Leone (Eduardo) e Alice Braga (Mônica), tem direção assinada por René Sampaio, que já dirigiu também outro filme inspirado em música da Legião, “Faroeste Caboclo” (2013). O filme anterior recebeu vários prêmios e levou os fãs da banda aos cinemas. A ideia é repetir esse sucesso.

Veja a sinopse:

“O casal se conheceu numa festa estranha, com gente esquisita. Não era nada parecido, mas se completava muito bem, que nem feijão com arroz, ela era de Leão e ele tinha 16, viveram também muitas aventuras e estão prestes a viver mais uma.”

Nesta segunda-feira, “Eduardo e Mônica” ganhou um trailer exclusivo no canal oficial do Ingresso.com no YouTube. Confira:

Música baseada em personagens reais

Renato Russo escreveu “Eduardo e Mônica” inspirado por vários casais que conheceu em sua adolescência em Brasília. Mas nenhum deles era formado, de fato, por um Eduardo e uma Mônica. O casal que mais inspirou a letra foi Leonice Coimbra e Carlos Marcelo.

Foto: Domingos Peixoto / Agência O Globo

Ela foi amiga de Renato Russo e, na época, tinha começado a namorar um garoto mais novo – com quem se casou. Apesar disso, Leonice declarou publicamente que não se identifica com a Mônica da música.

“Renatinho me apresentou letra e música via telefone. Disse na época que dedicou a nós, Fernando e a mim e a um outro casal de amigos. Como não me identificava, só a tinta no cabelo, nunca levei muito a sério. Em 94, tínhamos mudado para Quito, Equador, e num belo dia Renatinho liga avisando da entrevista à revista Marie Claire, onde diz que sou a Mônica. Não fazia a mais remota ideia do que significava ser a ‘Mônica’ da música ‘Eduardo e Mônica’. Levei muito tempo para ser grata à referência. Muito mesmo. Me incomodava a curiosidade das pessoas de saber se eu era a personagem criada, se correspondia aos anseios delas, etc. E claro, não correspondia. Não era eu. Assim como o Eduardo não era o Renato e nem o meu marido, o Fernando”, disse ela em entrevista ao Aborto Elétrico em 2017.

Escrito por Mari Pacheco

Benedict Cumberbatch recebe outro prêmio por Ataque dos Cães

Anitta faz mistério sobre suposta colaboração com Mariah Carey

Anitta faz mistério sobre suposta colaboração com Mariah Carey