Ecad lamenta morte e destaca composições de Marília Mendonça
Ecad lamenta morte e destaca composições de Marília Mendonça. Foto: Reprodução/Instagram @mariliamendonca
in ,

Ecad lamenta morte e destaca composições de Marília Mendonça

No banco de dados do Ecad, Marília Mendonça possui 324 músicas e 391 gravações suas e de parceiros cadastradas

O Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) lamentou a morte da cantora e compositora Marília Mendonça que aconteceu nesta sexta-feira (5) em um acidente de avião na Região Serrana de Caratinga, interior de Minas Gerais. Marília estava a caminho de um show e estava acompanhada pelo produtor Henrique Bahia, seu Tio e assessor Abicieli, o Co-Piloto e Piloto da aeronave que caiu; não houveram sobreviventes.

Som Livre lamenta morte de Marília Mendonça: ‘profissional impecável’

Referência como cantora e compositora, Marília Mendonça acumulou parcerias de sucesso na música e canções que ficarão marcadas para sempre na história da música brasileira. No banco de dados do Ecad, ela tem 324 músicas e 391 gravações suas e de parceiros cadastradas.

Confira a nota de pesar na íntegra do Ecad:

O Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) lamenta profundamente e expressa o seu profundo pesar pela morte da cantora e compositora Marília Mendonça, conhecida como a “Rainha da Sofrência”, que faleceu na tarde desta sexta-feira, dia 05 de novembro, em acidente aéreo, na serra de Caratinga, em Minas Gerais. Neste momento de dor, a instituição se solidariza com familiares e amigos da artista e das demais vítimas fatais dessa tragédia.

A cantora de 26 anos era um dos ícones da música sertaneja e tinha diversos sucessos na carreira como “Infiel”, “Supera”, “Todo mundo vai sofrer”, “Eu sei de cor”, entre outras músicas de sua autoria e em parceria com outros artistas.

“Até você voltar”, em parceria com Juliano Tchula, foi a música de sua autoria mais tocada nos últimos 10 anos nos principais segmentos de execução pública de música. No banco de dados do Ecad, ela tem 324 músicas e 391 gravações suas e de parceiros cadastradas. A maior parte de seus rendimentos em direitos autorais pela execução pública de suas músicas, nos últimos 10 anos, foi proveniente dos segmentos de Rádio e Show, que corresponderam a mais 65% do que foi destinado a ela.

Com sua percepção aguçada e letras que mostravam o sentimento de muitos brasileiros, Marília foi uma artista essencial para o sertanejo e fará muita falta na música brasileira. 

Leia Mais:

Marília Mendonça morre em acidente de avião

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais confirmou, nesta sexta (5/11), que a cantora está entre as vítimas fatais do acidente aéreo ocorrido próximo de uma cachoeira na serra de Caratinga, interior de Minas Gerais. Ela estava a caminho de um show no estado e 8 mil pessoas já haviam comprado ingresso para vê-la.

Recentemente o trio formado por Marília Mendonça e Maiara & Maraisa estampou um outdoor na Times Square em New York. As cantoras e compositoras estrelaram campanha do Spotify como as artistas EQUAL Brasil do mês de outubro.

“Tô há 1 hora olhando essa foto e pensando no que dizer e não me vem nenhuma palavra já existente que represente o que eu tô sentindo. Daria um dicionário novo, se eu tivesse que descrever o quanto eu me sinto grata, primeiramente a Deus, às minhas Patroas e ao meu time. Maiara e Maraisa, vocês não tem noção do filme que passa na minha cabeça agora. Nem nos nossos maiores sonhos imaginávamos que teríamos o trabalho das nossas vidas estampado em uma das avenidas mais famosas do mundo. Eu amo vocês!”, postou Marília Mendonça em suas redes anunciando a novidade.

O álbum “Patroas 35%” foi o último lançamento da artista pela Som Livre e apresenta nove faixas, sendo seis inéditas, são elas: “Esqueça-me Se For Capaz”, “Presepada”, “Para de Me Chamar Pra Trair”, “Fã Clube”, “Você Não Manda em Mim” e “Eu Não Vou Namorar”, além das 3 canções apresentadas no último EP: “Motel Afrodite”, “Não Sei o Que Lá” e “Todo Mundo Menos Você”.

 

Escrito por Láisa Naiane

Confirmado: Avião de Marília Mendonça bateu em cabo de torre de alta tensão antes de cair

Marília Mendonça: Velório da cantora acontece neste sábado (06), no Goiânia Arena