Balanço de 2020: Ecad aponta crescimento de novas gravações e composições musicais
Foto: Ecad/Divulgação
in

Ecad estuda novo app Clubhouse para proteção autoral

Escritório observa a popularidade do aplicativo e estuda a necessidade de licenciamento autoral

O Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) emitiu um comunicado oficial no qual observa a popularidade do aplicativo de áudio Clubhouse como um possível campo de licenciamento para execução pública de músicas.

“Por se tratar de uma plataforma com operação recente no Brasil, o Ecad informa que está estudando as funcionalidades do aplicativo para verificação quanto à necessidade de licença para execução pública de música”, diz o comunicado do Escritório.

A tecnologia é a principal parceira para as atividades de cobrança de direitos autorais do Ecad. A empresa utiliza um sistema totalmente automatizado, com ferramentas e conceitos de big data para as apurações do mercado. Como uma empresa sem fins lucrativos, uma considerável parte da sua taxa administrativa (os 10% que são destinados ao Ecad de todo montante arrecadado) é investida em soluções tecnológicas que agilizam e potencializam a gestão dos direitos autorais.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Ecad (@ecad_oficial)

Ecad e Abert divulgam ações de apoio a radiodifusores

Em tempo, desde o início da pandemia, a parceria firmada pelo Ecad com a Abert (Associação Brasileira de Rádio e Televisão) tem sido fundamental para implementar diversas ações de apoio ao setor radiodifusor nesse período, com o objetivo de amenizar o impacto para este segmento.

Entre as ações realizadas para as rádios estão o não-reajuste das mensalidades no período da pandemia, a concessão de um desconto extraordinário para as rádios filiadas à Abert no período de maio a agosto de 2020 e a revisão da tabela de cobrança para as rádios jornalísticas. Também está em vigor, a partir deste mês de março, uma campanha específica para as rádios inadimplentes.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Ecad (@ecad_oficial)

​No caso das rádios inadimplentes AM, os descontos podem chegar a até 50% do valor atualizado (para pagamento à vista) e são oferecidas condições especiais de parcelamento. Para as emissoras com conteúdo jornalístico, o percentual de cobrança foi reduzido de 25% para 10% da tabela das rádios comerciais. Já para as rádios jornalísticas adimplentes, o boleto da mensalidade de março já conta com o novo valor.

Saiba mais detalhes sobre o anúncio, acessando aqui.

Escrito por Láisa Naiane

BLACKPINK: Rosé quebra recorde de vendas na Coreia do Sul

Rosé domina paradas globais da Billboard com “On The Ground”

Após Grammy, Dua Lipa está ansiosa para retorno dos shows

Dua Lipa segue colhendo os frutos do Grammy 2021