O relatório do Ecad "O que o Brasil ouve - streaming" aponta os dados de arrecadação e distribuição da execução pública no digital. Foto: Divulgação
Foto: Divulgação/Ecad
in

Ecad: conheça o Calendário de Distribuição dos valores de execução pública

O Calendário de Distribuição do Ecad organiza as rubricas e os repasses aos titulares autorais em meses específicos, saiba mais

O Ecad realiza distribuições mensais, trimestrais, semestrais e anuais, aos titulares de direitos autorais de execução pública conforme o Calendário de Distribuição. O período de pagamento varia de acordo com o segmento no qual essa música foi tocada.

​Esse mecanismo é fundamental e considerado como uma referência em escala global, por garantir a monetização recorrente aos profissionais que fazem a música existir.

Leia Mais:

Portanto, o Ecad divide no seu site oficial em suas partes: “Por Mês” e “Por Segmento”. Com isso, o escritório consegue trazer detalhes de como os valores são distribuídos ao longo do ano.

Confira o Calendário de Distribuição do Ecad “Por Segmento”

A divisão “por segmento” contempla as rubricas que fazem parte da organização dos setores que são organizados como Execução Pública.

O que são rubricas de distribuição de direitos autorais?

Calendário de Distribuição Ecad 1
Calendário de Distribuição Ecad “Por Segmento”. Foto: Divulgação/Ecad

Qual a diferença entre as distribuições autorais das rubricas ‘Música Ao Vivo’ e ‘Show’?

Calendário de Distribuição Ecad "Por Segmento". Foto: Divulgação/Ecad
Calendário de Distribuição Ecad “Por Segmento”. Foto: Divulgação/Ecad

Conheça o Calendário de Distribuição do Ecad “Por Mês”

Seguindo a mesma lógica, o Ecad fornece um outro tipo de exibição que compreende os valores que são distribuídos a cada mês aos titulares.

Calendário de Distribuição Ecad
Calendário de Distribuição Ecad “Por Mês”. Foto: Divulgação/Ecad

De acordo com o Ecad, o valor cobrado de Execução Pública não varia em função do tipo de comércio, mas sim da forma de utilização da música (ao vivo ou mecânica), da área sonorizada do local e do ramo de atividade.

Além disso, estabelecimentos comerciais, emissoras de rádio e cinemas, por exemplo, contam com critérios de cobrança diferentes devido à natureza de suas atividades e da sua utilização musical.

Ecad: participação feminina entre titulares cresce 5% em 2021

O cálculo do direito autoral é feito com base nos critérios estabelecidos no Regulamento de Arrecadação, definido pelas associações de música que administram o Ecad, e está disponível para consulta, acesse o site para conferir.

Quer tirar mais dúvidas sobre o universo musical? Conheça agora mesmo o nosso Guia MM, que traz as explicações sobre os bastidores da indústria musical.

Siga as redes do POPline.Biz é Mundo da Música para saber mais sobre os principais assuntos do mercado da música: Instagram, LinkedInFacebook e Twitter.

Escrito por Láisa Naiane

Além da Ilusão: resumo dos capítulos que irão ao ar (06 a 11 de junho / 13 a 18 de junho)

Assumiram! MC Gui reata noivado com Bia Michelle: “Nova chance”