Connect with us

Alok

“É preciso se reinventar”, diz Padre Reginaldo Manzotti ao lançar música com Alok

“Eu, particularmente, adoro música eletrônica e escuto Alok”, disse o religioso

Published

on

Alok e Padre Reginaldo Manzotti estão juntos na música “Vou Para o Alvo”. Foto: Divulgação

Uma parceria inusitada foi lançada hoje! Estreando o seu mais novo álbum, “É Tempo de Inovar”, o Padre Reginaldo Manzotti fez jus ao nome do novo trabalho e lançou uma música com ninguém menos que Alok, que se chama “Vou Para o Alvo”, além de gravar com nomes do sertanejo como Gustavo Mioto e Naiara Azevedo. Em entrevista ao jornal “Extra” Padre Reginaldo Manzotti falou sobre o dueto.

“Eu, particularmente, adoro música eletrônica e escuto Alok. É preciso se reinventar, atingir um público de todas as idades. Como é uma música animada, eu acredito que a aceitação será maior. São participações que vieram para somar. É uma oportunidade para trazer a riqueza da voz desses cantores e atingir um público diferenciado daquele que está nas missas. O Papa Francisco tem sido minha inspiração em criar uma igreja que vai além, simples e acessível. Aquela visão equivocada que se tem de que um cristão é triste não bate com nossa espiritualidade. Eu brinco que quem é ranzinza tem que ficar atento. Esse sentimento não vem de Deus, vem do outro”, explicou o sacerdote.

“É muita popozuda para o meu gosto!”, opina Padre Reginaldo Manzotti sobre a música atual

O religioso ainda afirmou à publicação que estilos como sertanejo, música eletrônica e rock fazem parte da sua playlist e opinou sobre os hits atuais: “É claro que algumas não me agradam no conteúdo, mas há muita coisa boa. É muita popozuda para o meu gosto! Os termos são libidinosos, e isso não me ajuda. É muito explícito. Aí já não é para mim e não recomendo”, finalizou.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Alok

Alok é premiado no Winter Music Conference, importante evento de música eletrônica

DJ e produtor faturou na categoria “Best Remix”.

Published

on

Foto: Divulgação

Mais uma vitória do Brasil! Alok acaba de ser premiado na 34ª edição do Winter Music Conference, importante evento de música eletrônica, na categoria ‘Best Remix’ pela faixa “Piece Of Your Heart” do Meduza. Ele concorria com nomes como ARTBAT, Robin Schulz, Chase & Status e Tracy Young (com o remix de “I Rise” da Madonna, premiado no último Grammy).

Reconhecido nacional e internacionalmente como o 11º principal maior DJ do mundo pela publicação DJ Mag, Alok comemora a conquista. “Sempre soube do potencial do remix, mas não que chegaria tão longe. Fiquei bem feliz e lisongeado pelo reconhecimento. Agradeço de coração!,”, comenta o brasileiro que inicia o mês de abril com novidades e promete o lançamento de duas tracks e parcerias internacionais.

Vale ressaltar que o Winter Music Conference tem grande extensão, popularidade e, de acordo com o New York Times é “um dos eventos mais esperados dos Estados Unidos” e que, dele, são disseminados em mais de 500 eventos individuais, como Ultra Music Festival, The Internarional Records Collectors Shlws e WMC Seminars & Painels. Porém, devido à pandemia do coronavírus (covid-19), todos os eventos foram cancelados.

Continue Reading

Alok

Por conta do Coronavírus, Alok cancela turnês na China e nos Estados Unidos

DJ continuará focando em suas produções musicais.

Published

on

Alok não vai mais fazer as turnês que seriam realizadas na próxima semana nos Estados Unidos e, em abril, na China com duração de 15 dias em cada local. O motivo é o Coronavírus, pandemia que está preocupando o mundo.

Em comunicado, o artista reforça que tem a saúde como prioridade. “O artista ressalta sua prioridade e preocupação com a saúde do seu público, equipe e colaboradores, o que é de extrema responsabilidade em sua carreira. E reafirma que, neste período, irá se dedicar às suas produções musicais”, escreveu a assessoria.

Em recente entrevista ao POPline, Alok já tinha falado sobre mudança na agenda por conta de seu filho. “Estou revendo minha agenda de shows. Por exemplo, eu iria para a China e não vou mais, por conta do Coronavírus. Nesse tempo, tentei não fechar nada no Brasil para ficar livre em casa. Eu vou fazer um mês de turnê na Europa, e eu vou tentar pegar uma casa fixa para levar todo mundo. Tudo tem que ser diferente”, disse.

Continue Reading

Siga a Playlist