Duran Duran celebra os 40 anos de carreira (Foto: Divulgação)
in ,

Duran Duran celebra quatro décadas de atividade no álbum “FUTURE PAST”

Tove Lo, CHAI, Graham Coxon (Blur), Mark Ronson, Ivorian Doll e Mike Garson fazem participações especiais

“Não achávamos que estaríamos fazendo música juntos depois de todo esse tempo. Éramos apenas jovens e crescemos juntos no punk rock”, disse o baixista John Taylor sobre as quatro décadas de atividade do Duran Duran. E a banda celebra este tempo com o lançamento de seu 15º álbum de estúdio “FUTURE PAST“.

Foto: Divulgação

LEIA MAIS:

Formado por John Taylor e o tecladista Nick Rhodes em 1978, o Duran Duran ganhou fama com sucessos como “Girls on Film”, “Save a Prayer” e “Rio”. A banda, com o vocalista Simon Le Bon e o baterista Roger Taylor, vendeu mais de 100 milhões de discos em todo o mundo e ganhou dois prêmios Grammy. O mais recente single, “ANNIVERSARY”, comemora os 40 anos desde o lançamento do primeiro álbum em 1981.

Para seu novo lançamento, a banda colaborou com os produtores Erol Alkan e Giorgio Moroder, enquanto o guitarrista do Blur Graham Coxon, Mark Ronson, Tove Lo, a banda punk japonesa CHAI e o rapper Ivorian Doll, entre outros, apresentam uma mistura eclética de faixas.

“Nós definimos nossos parâmetros de forma ampla desde o início. Nosso primeiro álbum tinha músicas dançantes, mas também tinha um instrumental de seis, sete minutos com uma orquestra e algumas músicas mais sombrias. Sempre nos sentimos confortáveis ​​experimentando coisas diferentes em gêneros musicais diferentes”, explica Rhodes.

O grupo começou a trabalhar no álbum no final de 2018, mexeu nas novas faixas esporadicamente em 2019. Mas a pandemia de Covid-19 a partir de março de 2020 os forçou a parar por cerca de 10 meses.

“De certa forma, foi realmente vantajoso ter uma pausa porque nunca tínhamos tido essa experiência antes e podíamos olhar para ela com novos olhos e ouvir com novos ouvidos”, disse Rhodes. “Tem uma sensação totalmente nova para nós”, completou Rhodes.

“Quando entramos em estúdio pela primeira vez, no final de 2018, eu estava tentando convencer os caras que tudo o que precisávamos fazer era escrever duas ou três faixas para um EP. Quatro dias depois, tínhamos a base de 25 canções muito fortes, que precisamos desenvolver com calma. Então aqui nós estamos, em 2021, com nosso 15º álbum de estúdio querendo se libertar”, comenta o vocalista Simon Le Bon.

Escrito por Daiv Santos

Dulce María deixa gravadora para lançar álbum independente

Dulce María deixa gravadora para lançar álbum independente

“Espelho Meu”: o funk sobre redes sociais de DJ Zullu e Gabily