Connect with us

Oh My God!

Doja Cat chamou Beyoncé de macaca? Veja o “Beyonkey”!

Doja Cat postou vídeo unindo as palavras Beyoncé e monkey (macaco). Confira!

Published

on

Fim de semana de polêmicas para Doja Cat! A rapper americana está sendo muito criticada neste domingo (24/5), por conta de um vídeo postado no TikTok. Ela começa fazendo referência à música “***Flawless” da Beyoncé e diz “I wake up like this” (eu acordei assim). Até aí, tudo bem. Mas, em seguida, Doja Cat dispara: “what’s your favorite Beyonkey song?”. Beyonkey é a união das palavras Beyoncé e monkey – que significa macaco. Mais uma vez, Doja Cat é acusada de racismo.

@dojacatBeyonse

♬ original sound – dojacat

Fãs de Doja Cat defendem que ela estava brincando e que teria falado o nome de Beyoncé de forma errada porque também estava declamando a letra da música de forma errada. Mas a verdade é que qualquer menção a macaco é racista, seja qual for o contexto.

O caso piora porque, no sábado (23/5), a rapper foi acusada de dar declarações racistas em um grupo privado de conversa na Internet. Fãs a defenderam e mostraram, com prints e vídeos do chat, que ela na verdade não havia dito nada condenável, e que na verdade vinha sendo chantageada por um dos membros do chat. A questão é que essa explicação não chegou a todo mundo, então Doja Cat já foi “cancelada” por muita gente no próprio sábado. Agora, com o vídeo mexendo com Beyoncé, a situação piora.

Doja Cat Racista Beyonkey Beyoncé

(Foto: Divulgação)

Polêmicas de Doja Cat

A rapper, que chegou ao topo da Billboard Hot 100 neste ano com a música “Say So”, já começou a carreira com controvérsia. Ela tem contrato com Dr. Luke. Doja diz que assinou a parceria com o produtor e empresário antes das acusações de abuso sexual feitas pela Kesha. Agora, está presa ao contrato. “Say So”, inclusive, é uma música produzida por ele, usando um pseudônimo.

Além disso, resgataram um tweet antigo da Doja Cat em 2018, mostrando linguagem homofóbica. Ela se referia a gays como “faggots” – algo como “bicha” ou “viado”, termos ofensivos. O tweet foi deletado e Doja tentou se explicar: “eu chamava as pessoas de bichas quando estava no colégio em 2015. Isso significa que não mereço apoio? Eu falei bicha algumas centenas de vezes na vida. Isso significa que odeio os ays? Eu odeio gays? Eu não acho que odeio gays. Ser gay é ok”.

HojeTemLive.com.br




Ranking