Sony Music põe fim no contrato com DJ Ivis
(Foto: Reprodução / Instagram @djivis)
in ,

DJ Ivis é indiciado por lesão corporal, ameaça e injúria

A Polícia Civil indiciou DJ Ivis pelos crimes de lesão corporal, ameaças e injúria, além de agressão. O músico está preso há cerca de 14 dias no presídio Irmã Imelda Lima Pontes, em Fortaleza, após aparecer agredindo a sua companheira Pamella Holanda em uma série de vídeos divulgados nas redes sociais.

“Com a conclusão das investigações, o suspeito foi indiciado pelos crimes de lesão corporal, ameaça e injúria no âmbito da violência doméstica”, diz a Polícia Civil em nota.

(Foto: Instagram/@pamellaholanda e @djivis)

Diante das novas denúncias, a polícia deve abrir um novo inquérito e seguir investigando o caso. Novos pedidos de prisão podem ocorrer a depender do resultado das investigações. Conhecido por seus hits “Esquema Preferido” e “Não Pode se Apaixonar”, Ivis está na área de triagem do presídio a fim de garantir a sua integridade física e segurança diante da repercussão dos fatos.

Entenda o caso

Um vídeo do DJ Ivis agredindo fisicamente a esposa Pamella Holanda, na frente da bebê do casal, chocou o Brasil no último domingo (11/7). A gravação foi divulgada pelo jornalista Léo Dias no site Metrópoles e repercutiu imediatamente.

DJ Ivis deu socos, chutes, empurrões e puxões de cabelo na esposa, que registrou queixa na Delegacia Metropolitana de Eusébio, no Ceará. Em seguida, Xand Avião demitiu DJ Ivis da produtora que gere, e o cantor Zé Felipe suspendeu a divulgação do single “Galega”.

O DJ ainda tentou proibir Pamella legalmente de falar sobre ele, mas a juíza negou o pedido. Segundo Pamella, DJ Ivis a agrediu porque ela estava com Covid-19 e amamentando a filha do casal. O médico de Pamella autorizou a amamentação, apesar do diagnóstico. DJ Ivis não concordava – o que obviamente não justifica a agressão.

Nesta semana, Spotify e Deezer, dois dos serviços de streaming mais populares do Brasil, baniram DJ Ivis de suas playlists editoriais. O catálogo dele, no entanto, segue disponível. Quando a agressão se tornou pública, DJ Ivis estava entre as músicas mais ouvidas do Brasil.

 

 

Escrito por Douglas Françoza

The Weeknd receberá prêmio humanitário em nova premiação

Don't Go Yet

Na dancinha! Camila Cabello estreia challenge para “Don’t Go Yet”