banner com link para rádio globo
Direito Moral x Direito Patrimonial: quais as diferenças na música?
Foto: Unsplash
in

Direito Moral x Direito Patrimonial: quais as diferenças na música?

Os autores possuem dois tipos de direitos vinculados às suas obras musicais, entenda a diferença entre eles no Guia MM do POPline.Biz

Os autores possuem dois tipos de Direitos vinculados às suas obras musicais, o Direito Moral e o Direito Patrimonial. Entender a diferença entre esses Direitos é base para assuntos que envolvam: assinatura de contratos e acordos comerciais ou, até mesmo, quando a música entrar em Domínio Público.

Leia Mais:

O que é o Direito Moral?

O Direito Moral é o direito vinculado a personalidade do autor, é perpétuo, inalienável e irrenunciável, ou seja, não pode ser cedido, transferido ou renunciado em nenhuma hipótese. É o direito que o autor tem de reivindicar, a qualquer tempo, a autoria da obra. Além disso, possuir o seu nome, pseudônimo ou sinal convencional vinculado a obra musical sempre que ela for utilizada.

É também o direito que permite ao autor de opor-se a quaisquer alterações que possam prejudicar sua obra ou atingir sua reputação. Os Direitos Morais, garantem que os autores possam modificar uma obra antes ou depois da sua publicação, e também possuir o direito de retirá-la de circulação ou de suspender qualquer utilização autorizada anteriormente. Neste último caso, podem haver ressalvas em situações que envolvam indenizações por exigidas por terceiros.

Direito Moral x Direito Patrimonial: quais as diferenças na música?
Direito Moral x Direito Patrimonial: quais as diferenças na música?. Foto: POPline.Biz MM

O que é o Direito Patrimonial?

O Direito Patrimonial é o que se refere ao uso econômico da obra. São direitos exclusivos do autor que desfruta dos resultados econômicos da exploração e utilização da obra, conforme foi estipulado e negociado. Pode ser objeto de transferência, cessão, licenciamento, venda, distribuição, entre outros, diferente do Direito Moral.

O Direito Patrimonial depende da autorização do autor da obra intelectual em qualquer forma de uso como, por exemplo: edição, tradução para qualquer idioma, adaptação ou inclusão em Fonograma ou obras audiovisuais, comunicação ao público seja de forma direta ou indireta. Todos esses direitos são independentes entre si, ou seja, a autorização para determinado tipo de uso, tem que ser diferente e única para qualquer tipo de utilização.

Quer tirar mais dúvidas sobre o universo musical? Conheça agora mesmo o nosso Guia MM, que traz as explicações sobre os bastidores da indústria musical.

Siga as redes do POPline.Biz é Mundo da Música para saber mais sobre os principais assuntos do mercado da música: Instagram, LinkedInFacebook e Twitter.

Escrito por Láisa Naiane

BBB22: Clima entre Eli, Lina e Jessi deixa Natália irritada e gera fofoca

BBB22: Discussão entre PA e Jessi termina em choro: “Você é muito óbvio”