Descubra com o POPline: Novo nome do trap, Nanno. V fala sobre a carreira e vida de compositor! Foto: Divulgação
Descubra com o POPline: Novo nome do trap, Nanno. V fala sobre a carreira e vida de compositor! Foto: Divulgação
in ,

Descubra com o POPline: Novo nome do trap, Nanno. V fala sobre a carreira e vida de compositor!

Ele é compositor de hits como “Gelo” para a banda Melim, “Cuidar de mim”, para o 3030 e “Eita” com Pedro Sampaio

Nanno V é uma das novas apostas da Universal Music no segmento rap-trap, mas se mostra bem plural no quadro “Descubra com POPline“. Compositor de hits como “Gelo” para a banda Melim, “Cuidar de mim”, para o 3030 e “Eita” com Pedro Sampaio, em entrevista ao POPline, ele falou sobre o nome artístico, suas principais influências na música e explicou mais detalhes da carreira.

“Nanno vem do Juliano, que é meu nome de batismo, aí meu irmão, que é compositor e a priori comecei na música para acompanhar ele, achava Juliano um nome muito comum e decidiu me chamar de Nanno, já V, vem do meu sobrenome, que é Viana”, começou falando o cantor.

Ele ainda revelou que a sua multiplicidade na música é explicada pelas mais diversas referências que recebeu ao longo da infância.

“A música, desde criança, sempre esteve muito presente na minha vida. Eu via TV Globinho e queria ser um dos apresentadores, mas fui me aprofundar mesmo quando criança, que fui aprendendo a tocar violão na igreja, o meu pai ouvia muito Tim Maia, a minha tia canta seresta. E também participei de algumas rodas do rap, que são grandes referências para a minha vida. Acho que o artista é uma junção de referências”.

Descubra com o POPline: Novo nome do trap, Nanno. V fala sobre a carreira e vida de compositor! Foto: Divulgação
Descubra com o POPline: Novo nome do trap, Nanno. V fala sobre a carreira e vida de compositor! Foto: Divulgação

Quando sai do microfone e ocupa o papel de compositor, Nanno também deu mais detalhes de como exerce essa faceta:

“A composição para mim é algo muito aflorado. Desde moleque, eu sou cheio de ideias e vou colocando tudo para o papel. Até que tive algumas oportunidades de alguns artistas, até mesmo no Vidigal e aí percorri bastante esse caminho de compor”.

 

Escrito por Helena Marques

Whindersson Nunes brinca com indicações de álbum Gospel no Grammy 2021

CHAMELEO divulga making of divertidíssimo de “Frequente(mente)” com Pabllo Vittar. Veja!