The Voice USA
Foto: Divulgação NBC
in ,

Descubra cachê de Ariana Grande para fazer The Voice USA!

Ariana Grande se torna técnica mais bem paga da história do programa.

Ariana Grande será a técnica mais bem paga da história do “The Voice USA”. Segundo o site da OK Magazine, a popstar negociou um contrato entre US$ 20 e US$ 25 milhões. O valor é muito superior, por exemplo, ao negociado por Kelly Clarkson, que supostamente entrou no programa ganhando US$ 14 milhões por temporada.

De acordo com a mesma fonte da OK Magazine, John Legend e Blake Shelton atualmente recebem US$ 13 milhões por temporada. Blake está no programa desde sua estreia, em 2011, e é o único a ter participado de todas as 20 temporadas até agora. As outras cadeiras, em geral, são sempre alternadas.

pov
Foto: Divulgação NBC

Obviamente, “The Voice USA” vai ganhar muito com a presença de Ariana Grande. A cantora botou cinco singles no topo da Billboard Hot 100 entre 2018 e 2020, e representa um grande atrativo para o público jovem. A última turnê dela faturou mais de US$ 146,4 milhões só em venda de ingressos.

Ariana Grande virá na 21ª temporada

A cantora só aparecerá no “The Voice USA” no segundo semestre, quando irá ao ar a 21ª temporada. O programa geralmente começa em setembro. Além dela, o elenco trará Kelly Clarkson, John Legend e Blake Shelton. O canal NBC está com expectativas altas para o trabalho com Ariana.

“Suas incomparáveis habilidades vocais, criatividade e experiência única em todas as facetas da indústria a tornarão uma técnica inestimável para a próxima geração de artistas”, declarou Jenny Groom, executiva da NBC, em comunicado enviado à imprensa.

Em uma década de existência do talent show nos Estados Unidos, já foram técnicos: Adam Levine, Christina Aguilera, CeeLo Green, Shakira, Usher, Pharrell, Gwen Stefani, Alicia Keys, Miley Cyrus, Jennifer Hudson e Nick Jonas. Além deles, nomes como as cantoras Taylor Swift, Rihanna e Mariah Carey apareceram em diferentes temporadas como “conselheiras”.

Escrito por Leonardo Torres

Fãs de Niall Horan e Louis Tomlinson criticam BRIT Awards

Fãs de Niall Horan e Louis Tomlinson criticam BRIT Awards

Empresas pretendem investir mais no Marketing de Influência em 2021