in ,

Depois de JAY-Z, Miley Cyrus também desiste de participar da confusa edição de 50 anos do Woodstock

Ainda é incerto se a celebração de 50 anos do lendário festival Woodstock vai acontecer, mas se rolar vai ser sem JAY-Z e Miley Cyrus. A cantora se uniu ao rapper e também integra a lista de artistas desistentes que conta ainda com Raconteurs, The Lumineers, John Sebastian e Joe McDonald, segundo o site da revista Variety.

Anunciada oficialmente em março, a edição que visa celebrar os 50 anos deste icônico evento vem sofrendo vários desfalques. O principal aconteceu menos de um mês depois do line-up revelado quando a principal investidora do evento avisava à imprensa que o festival poderia não acontecer. O motivo argumentado pela Dentsu Aegis Network foi que não havia uma produção sendo executada à altura da marca Woodstock.

Após a notícia, a produção até tentou correr atrás de novos investidores e recentemente chegou mudar a localização do festival de Watkins Glen, em Nova York, para Merriweather Post Pavilion, perto da cidade de Baltimore. Mesmo assim não deu muito certo. JAY-Z foi um dos primeiros a anunciar que estava deixando o evento. Agora, Miley. Na verdade, segundo a a Variety, os únicos ue ainda não se pronunciaram sobre o cancelamento são o Imagine Dragons e o The Killers apesar do “festival não estar listado em nenhuma das listas de eventos dos sites desses artistas”.

Se ainda ocorrer, uma outra mudança significativa pode ser a quantidade de dias: de 3 (de 16 a 18 de agosto) para apenas um (ou 16 ou 18 já que no dia 17, a arena está reservada para show do Smashing Pumpkins, sem ligação ao evento).

Escrito por Amanda Faia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No The Voice, Ivete Sangalo elogia Pabllo Vittar: “não há outra pessoa que eu conheço que cante como ela”

Noah Cyrus lança a nova música “July”: “é um pedaço do meu coração”