Foto: reprodução/ @ddlovato Instagram
in ,

Demi Lovato diz que ex-equipe menosprezou sua doença

Prestes a lançar o álbum “Dancing With The Devil… The Art Of Starting Over“, Demi Lovato foi entrevistada pelo comediante e apresentador Joe Rogan para o podcast The Joe Rogan Experience. Durante a conversa, a cantora comentou algumas passagens de seu recente documentário para o YouTube e fez revelações sobre os momentos complicados que viveu no passado.

Falando sobre a sua dependência química e distúrbios alimentares, a cantora contou que chegou a alertar sua equipe que seu estado de saúde havia piorado antes de ser hospitalizada, mas foi menosprezada. De acordo com a cantora, as pessoas que cuidavam de sua carreira disseram “você não está doente o suficiente”.

Confira:

Amizade com Ariana Grande

Na mesma entrevista, Demi falou sobre a dificuldade de recorrer a pessoas da indústria musical quando precisa de ajuda e disse que Ariana Grande é a sua amiga mais próxima no meio.

“A amiga mais próxima que tenho na indústria é Ariana Grande. Ela é alguém que tem me apoiado muito, vez após vez, e alguém quem posso procurar quando preciso de uma amiga da indústria, pois eu sei que ela estará lá para mim”.

A intérprete de ‘Positions’ está no novo álbum de Demi, na faixa ‘Met Him Last Night’.

(Foto: Instagram)

Troca de equipe + Scooter Braun

Demi Lovato conta que a escolha por Scooter Braun foi sua. Enquanto estava em tratamento, ela conversou com algumas pessoas sobre sua volta para o showbiz, mas colocou como ponto de partida a troca da sua equipe. Ela detalha o sistema de controle no qual viveu por muitos anos, diz que entende que esse sistema foi baseado em cuidado e afeto, mas não funcionou.

Braun foi ao encontro de Demi para uma primeira conversa decidido a declinar seu convite e indicar um outro profissional, entretanto se encantou com a proposta e decidiu apostar em sua carreira e sua ideia. Demi Lovato fala muito sobre o single “Anyone” que marcou sua volta aos palcos no Grammy’s. Fala também sobre o processo de criação de “Commander In Chief”, mas ignora por completo “I Love Me”. Juntos, Demi e Scooter afirmam que não há pretenção de charts para as novas músicas e que novo álbum será uma obra que contará a sua história

Escrito por Douglas Françoza

Miley Cyrus pode lançar o primeiro single do próximo álbum em breve

Lil Nas X e Karol G dominam estreias globais no Spotify