Connect with us

Demi Lovato

Demi Lovato conta como foi crescer com Miley Cyrus, Selena Gomez e Jonas Brothers

Demi Lovato relembra como era ser uma adolescente do Disney Channel.

Published

on

Demi Lovato deu uma entrevista para o podcast “In Bed With Nick and Megan” recentemente e falou sobre como é crescer sendo uma estrela da Disney. Ela disse que, na época, não tinha como se relacionar e se identificar com muitos outros adolescentes, a não ser Miley Cyrus, Selena Gomez, Jonas Brothers e a turma de “High School Musical”.

“Todos estávamos meio que crescendo juntos. Era um grupo realmente pequeno de garotos que não podiam se relacionar com muitas pessoas, então ficamos juntos. Chamávamos de ‘Disney High’, porque quando existe apenas alguns poucos, você começa a se relacionar uns com os outros, você começa a ficar uns com os outros, fica amigo um dos outros, briga um com os outros, se separa uns dos outros… É confuso e dramático. E isso é o ‘Disney High’ para você”, explica.

Demi Lovato conta como foi crescer com Miley Cyrus, Selena Gomez e Jonas Brothers

(Foto: Divulgação)

A expressão “Disney High” se refere ao “High School” – o ensino médico norte-americano. É como se a Disney fosse o colégio possível para os astros infanto-juvenis. Na época, Demi Lovato namorou Joe Jonas, dos Jonas Brothers, e foi muito amiga de Selena Gomez e depois de Miley Cyrus.

Ouça o podcast em inglês:

Demi Lovato estourou mundialmente como estrela do telefilme “Camp Rock”, ao lado dos Jonas Brothers. Eles fizeram turnês mundiais juntos. Com o sucesso, Demi ganhou sua própria série no Disney Channel, “Sunny Entre as Estrelas”, e o programa foi cancelado somente quando ela passou pela primeira internação em clínica de reabilitação.

Dedicando-se mais à música desde então, Demi Lovato está cheia de novidades em 2020. Ja lançou as faixas “Anyone”, apresentada no Grammy Awards, “I Love Me”, que se tornou Top 20 nos Estados Unidos, e “I’m Ready”, em parceria com o cantor inglês Sam Smith.

O próximo álbum de Demi Lovato

A cantora também prepara um álbum para 2020, e agradece a paciência dos fãs. “Eu acho que o erro que eu fiz quando eu tinha 18 anos, quando eu entrei em tratamento, foi que eu voltei a trabalhar seis meses depois. Mas ao mesmo tempo eu também me afastei dos holofotes por dois anos. Eu mantive minha boca fechada, enquanto os tabloides enlouqueciam. E meu álbum é finalmente o lugar onde eu posso contar a história certa sobre tudo”, disse.

HojeTemLive.com.br




Ranking