in

Demi Lovato chama revista TIME de hipócrita ao colocar um homem com acusações de abuso sexual entre as “personalidades do ano”

A revista TIME divulgou nesta quarta-feira (06/12) a tradicional capa de “Personalidade do Ano”. Em 2017, segundo os jornalistas de uma das maiores publicações dos Estados Unidos, a “personalidade” é na verdade um movimento: o movimento #MeToo, que desencadeou em uma série de denúncias contra homens – alguns poderosos – de abuso sexual e estupro nas redes sociais. Na capa, mulheres como as atrizes Ashley Judd, Alyssa Milano, Rose McGowan, a cantora Taylor Swift, entre outras, são chamadas de “The Silent Breakers” ou as que quebraram o silêncio.

Enquanto muitos endossaram e elogiaram a escolha, para Demi Lovato a iniciativa da revista foi vista com reprovação. E ela explicou suas razões no Twitter.

“A revista TIME destaca corajosas mulheres que denunciaram abusos sexuais na capa, mas elege um homem com acusações de abusos sexuais contra ele como vice-colocado de personalidade do ano. Sério, @TIME? #hipócritas”, disparou Demi fazendo questão de marcar o perfil oficial da publicação.

“Eu tenho ficado cada vez mais calada sobre minha desconfiança sobre certas pessoas no último ano porque apenas divide nosso país ainda mais, mas isso é merece ser comentado. @TIME – muito desapontada com sua hipocrisia com as mulheres na capa. Ser eleita ‘Personalidade do Ano’ deve ser por algo positivo e corajoso ASSIM COMO as mulheres na capa. É irritante que isso seja apenas para causar impacto na imprensa”, escreveu.

No meio de sua declaração no Twitter, Demi ainda compartilhou uma mensagem enviada por um seguidor afirmando que Kesha deveria ter sido convidada para a capa da revista.

A segunda pessoa colocada na lista da TIME apontada por Demi é o presidente norte-americano Donald Trump, eleito a Personalidade do Ano de 2016. Contra ele já surgiram várias denúncias de mulheres, incluindo uma da ex-mulher Ivana.

Escrito por Amanda Faia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com suas duas primeiras músicas no Top 10 da Billboard, Cardi B pode fazer história na parada norte-americana

Camila Cabello libera pequena prévia em estúdio de “Never Be The Same”