Divulgada previsão de vendas do álbum da Demi Lovato
(Foto: Divulgação)
in

Demi Lovato alcança pico da carreira na parada de álbuns britânica

“Dancing With The Devil: The Art of Starting Over” pegou a vice-liderança do ranking.

O álbum novo da Demi Lovato, “Dancing With The Devil: The Art o Starting Over”, estreou na vice-liderança da parada britânica, atualizada nesta sexta (9/4). Ficou atrás apenas de “W.L.”, lançamento da banda escocesa The Snuts.

Demi Lovato alcança pico da carreira na parada de álbuns britânica
(Foto: Reprodução / Official Charts Company)

Os fãs tinham expectativa de que o álbum novo da Demi pegasse a liderança do ranking. Ela nunca teve um disco nº1 no Reino Unido. Em contrapartida, já colocou quatro no Top 10: “Demi” (10º lugar em 2013), “Confident” (6º lugar em 2015), “Tell Me You Love Me” (5º lugar em 2017) e agora “Dancing With The Devil…” em 2º lugar. É a melhor posição da carreira dela no Reino Unido.

Divulgada previsão de vendas do álbum da Demi Lovato
(Foto: Divulgação)

Além disso, Demi Lovato está com três músicas na parada de singles. “Met Him Last Night” (com Ariana Grande) estreou em 44º lugar. Já “Dancing With The Devil” subiu do 98º para o 50º e “What Other People Say” (com Sam Fischer) se manteve imóvel na 58ª posição.

Veja o que críticos estão falando do álbum da Demi Lovato!

O álbum novo de Demi Lovato está sendo muito elogiado pela crítica especializada. O jornal britânico The Telegraph deu cinco estrelas para o lançamento da americana e o chamou de “perfeito pop contemporâneo”.

“O pop da linha de produção pode sertão decididamente eficaz que corre o risco de se tornar desgastante e vazio ao longo de um álbum inteiro. No entanto, com o forte material narrativo de Demi Lovato, o equilíbrio entre forma e conteúdo garante que seu interesse nunca diminua. O que quer que Demi Lovato tenha passado, ela parece estar onde quer estar agora”, publicou o veículo.

O jornal The Independent deu quatro estrelas para o álbum e elogiou a autenticidade da cantora nas letras, além de seus vocais poderosos. “Demi Lovato não se conteve. Vocalmente, sempre foi um nocaute”, escreveram.

A revista NME, não exatamente uma entusiasta do pop mainstream, conferiu quatro estrelas para “Dancing With The Devil: The Art of Starting Over”. O título da resenha se refere ao álbum como “pop cru e catártico”. “Embora a maioria dos álbuns pop ‘confessionais’ sejam apenas levemente reveladores, este realmente é profundo”, analisa.

Escrito por Leonardo Torres

Maiara e Maraisa são as convidadas para o quadro “E AÍ, POPline?” deste sábado!

MTV Hits celebra aniversário de Chorão nesta sexta-feira