in

Deezer se torna uma empresa de capital aberto

O anúncio foi feito nesta terça-feira (5) após o serviço de streaming firmar acordo com a I2PO

O acordo entre a Deezer e a I2PO foi firmado nesta terça-feira (5)

A Deezer anunciou nesta terça-feira (5) a sua estreia no mercado de ações na Euronext Paris, na França, depois de firmar acordo com a I2PO, uma Special Purpose Acquisition Company (SPAC).

Foto: Reprodução/Logos

Leia Mais:

De acordo com o site Music Business Worldwide, a  fusão com a  I2PO deu à Deezer uma avaliação patrimonial de 1,050 bilhão de euros. O CEO da plataforma, Jeronimo Folgueira, disse em uma cerimônia que aconteceu nesta manhã, em Paris, que esse é um dia histórico para a empresa.

“Acreditamos que estamos em uma posição muito boa para levar a empresa a um outro nível, como o capital aberto, e assim poder aproveitar ao máximo as oportunidades”, disse Jeronimo.

Jeronimo Folgueira, CEO da Deezer | Foto: Divulgação

A Deezer no mercado

Com a entrada para o capital aberto, nesta manhã, as ações da Deezer abriram em 8,50 euros, segundo informações da Reuters.

A  fusão entre a Deezer e a SPAC I2PO beneficiará do caixa anteriormente detido pela I2PO, além do captado por meio de um PIPE (Investimento Privado em Patrimônio Público).

De acordo com Music Business Worldwide, o  serviço de streaming  gerou receita de 400 milhões de euros em 2021, contando com 9,6 milhões de assinantes em 2021, incluindo 5,6 milhões de assinantes (diretos)  B2C e 3,9 milhões de assinantes B2B.

“Estamos focando em grandes mercados e estamos focando em replicar o modelo de muito sucesso que temos, na França, de nosso modelo híbrido B2B para C e dobrar a diferenciação. Assim, criando um produto realmente único, construído com inovação e ótima experiência do cliente”, afirmou Folgueira.

Deezer aponta os artistas e faixas mais escutadas em janeiro

O CEO da empresa ainda enfatiza que os resultados da nova estratégia estão claros com o número do crescimento da Deezer em 2021, que atingiu dois dígitos no primeiro trimestre.

“Esta transação também mostra, não só o apoio que temos de nossos acionistas, mas também a crença de novos acionistas, em nossa visão, nossa estratégia e também o potencial de criação de valor que a Deezer traz”, conclui Jeronimo.

 

Escrito por Duda Monnerat

10 livros que fazem sucesso com ‘booktokers’ no TikTok

Beyoncé: “Break My Soul” entra no Top 10 da Billboard Hot 100