DaBaby. Foto: Instagram
in

DaBaby é preso ao se envolver em tiroteio nos Estados Unidos

Confusão teria deixado duas pessoas feridas em Miami

Parece que as coisas não andam nada bem para DaBaby. É que, de acordo com o site Page Six, do “New York Post”, o rapper teria sido preso por participar de um tiroteio nas ruas de South Beach, em Miami, nos Estados Unidos, na noite desta segunda-feira (1/06), onde duas pessoas ficaram feridas. Fontes relataram que a confusão teve início por conta de uma briga de trânsito.

O porta-voz do Departamento de Polícia local, Ernesto Rodriguez, confirmou que “vários meliantes foram detidos”, incluindo DaBaby, após relatos darem conta de que ele e sua comitiva estiveram envolvidos na troca de tiros. As identidades das vítimas ainda não foram divulgadas.

(Foto: Getty Images / Uso autorizado POPline)

Uma fonte disse ao portal que “DaBaby e sua equipe tiveram um problema com as pessoas ao lado deles no carro. DaBaby e sua equipe estavam andando em cerca de seis SUVs, e um carro parou ao lado deles e deu inicio em alguma coisa ou as portas bateram uma na outra e eles brigaram. Há rumores de que DaBaby e 10 a 12 membros de sua comitiva foram detidos pela polícia“, disse.

O tiroteio ocorreu pouco depois das 23h30, perto da esquina da Ocean Drive com a First Street. Várias pessoas ligaram para a polícia relatando o tiroteio. Em seguida, a polícia chegou ao local e encontrou duas pessoas baleadas – uma na perna e outra no ombro. Elas foram levadas para uma unidade da Ryder Trauma Center do Jackson Memorial Hospital.

DaBaby sem prêmio
Foto: Getty Images

DaBaby, cujo nome verdadeiro é Jonathan Lyndale Kirk, recentemente se tornou o rapper mais transmitido no Spotify por mês, ultrapassando Drake, e conquistou uma grande vitória no Top Rap Song com seu hit “Rockstar” com Roddy Ricch na Billboard. Aqui no Brasil, o rapper lançou, recentemente, a versão remix de “Girl From Rio“, em parceria com Anitta.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Anitta 🎤 (@anitta)

Vale lembrar que essa não é a primeira vez que DaBaby tem problemas com a polícia. Em 2019, ele foi considerado culpado de “portar uma arma escondida” e condenado a um ano de liberdade condicional após um tiroteio fatal em um Walmart em Huntersville, Carolina do Norte. Um juiz teria afirmado que ele agiu em legítima defesa.

Escrito por Leonardo Rocha

BTS celebra #1 de “Butter” na Billboard com selfies no Twitter

Heloisa Aidar: coragem e estratégia para se consolidar no mercado