in

Crítica especializada comenta novo álbum da Mariah Carey: “encontra um frescor que estava faltando em seu material recente”

Como fazer críticas a uma artista de 30 anos de carreira, quase uma lenda? Estamos falando da Mariah Carey, diva que lançou seu 15º álbum “Caution” nesta sexta-feira (16). Mesmo assim, os sites especializados precisam fazer seu trabalho de analisar as músicas e dar o veredito… É bom? Pelo visto, sim. As críticas estão na maioria positivas, valorizando a renovação da cantora.

Separamos alguns trechos de críticas:

Entertainment Weekly
“Em seu 15º álbum de estúdio, em uma cautela alegre e agradavelmente desafiadora, ela encontra um frescor que estava faltando em seu material recente. […] Como a maioria dos álbuns de Mariah, ‘Caution’ é um estudo em vários graus de inclinação; ela sempre se inclinou mais para um gostoso banho de espuma do que para a pista de dança”.

Clash Music
“Com faixas produzidas por Timbaland, Skrillex e DJ Mustard, Carey presta homenagem aos sons predominantes em diferentes fases de sua carreira, mantendo-se fresca e contemporânea”.

All Music
Um álbum compacto, do porte do ‘Music Box’, é, em todos os sentidos, uma coleção moderada e discreta de baladas lentas e midtempos de R&B. Carey não mantém quase nenhum dos colaboradores que trabalharam no álbum anterior e usa uma combinação diferente de co-produtores e co-autores em cada um destes dez músicas. […] Nada sobre esse álbum é jogado.

Slant Magazine
Em apenas 10 faixas, Caution é o álbum mais enxuto de Mariah em 25 anos. Com exceção da fórmula “With You”, que soa como algo do ‘E=MC2’, as baladas de R&B e estilo contemporâneo adulto que lançaram (e relançaram) sua carreira foram amplamente substituídas aqui por grooves texturizados e midtempo. ‘Caution’ parece que o álbum que Mariah queria fazer o tempo todo: que joga a cautela ao vento e a vê abraçando sua esquisitona interior. E, ironicamente, foi preciso voltar à Sony Music para fazer isso.

Rolling Stone

“‘Caution’ é pura felicidade pop hip-hop, parecida com a turnê de apoio ao ‘Emancipation of Mimi’ pós- ‘Glitter e ‘Charmbracelet’ em como ela, de forma sublime, acena para as tendências atuais enquanto reafirma a cantora e compositora como uma presença pop formidável. ‘Caution’ é excitantemente atual sem engolir o charme de Carey (embora isso pareça cada vez mais e mais impossível para uma estrela como ela)”.

Escrito por Caian Nunes

“LM5”: Saiba o que a crítica especializada está achando do novo álbum do Little Mix

Bruna Marquezine assiste show de Priscilla Alcantara e diz: “estou obcecada”