Corey Taylor em vídeo para o Astronomicon / Foto: Reprodução
in

Corey Taylor testa positivo para a Covid-19

Corey Taylor testou positivo para a Covid-19 e precisou cancelar um show agendado no último final de semana. Fãs que esperavam vê-lo na cidade de Ann Arbor, em Michigan, Estados Unidos, receberam a notícia através das redes sociais do local da apresentação.

“Olá, Astronomicon, Corey aqui. Espero que todos estejam bem. Eu queria ter boas notícias. Acordei hoje e testei positivo e estou muito muito doente. Então eu não vou poder estar com vocês neste final de semana e estou absolutamente devastado. Sinto muito. Prometo que eu tentarei voltar o mais rápido possível. Devo ficar bem – é a febre”, disse ele.

“Estou vacinado então não me preocupo. Mas certamente eu não vou contaminar ninguém. Então, fiquem bem e obrigado”, avisou.

No domingo (22) a esposa de Corey afirmou que o músico já estava se sentindo melhor. “Corey está bem e agradece as mensagens de apoio de todos. Ele (com muita sorte) não perdeu os sentidos de olfato ou paladar então eu o enviei um monte de lanchinhos, líquidos hidratantes e sobremesas deliciosas”, publicou no Twitter Alicia Taylor.

Taylor vem fazendo uma turnê solo e se apresentou normalmente no último dia 19 de agosto, menos de 24 horas antes do diagnóstico de Covid-19.

Corey Taylor / Foto: Twitter (@CoreyTaylorRock/Cade Werner)

O Slipknot, por enquanto, mantém a data de show agendada para 3 de setembro no Rocklahoma Festival. A banda ainda está escalada para o Inkcarceration Fest, em Ohio, e o Riot Fest em Chicago (como substitutos do Nine Inch Nails), diz a Rolling Stone.

Leia mais

Retorno dos shows com tropeços

A retomada das atividades artísticas nos Estados Unidos vem sendo atingida em cheio com cancelamentos e adiamentos. O Limp Bizkit, que participou do Lollapalooza Chicago, evento considerado um não “incentivador de novos casos”, avisou que estava cancelando todas as datas da turnê por acreditar que os protocolos atuais não são suficientes para garantir a segurança de todos – banda, equipe e fãs.

“Resumindo, o sistema ainda é falho. Até se os músicos, equipe e promotores fizerem o melhor para garantir a segurança à frente e atrás do palco, ainda não é possível garantir a segurança da audiência como um todo”, explicou Fred Durst ao site da revista Billboard.

O Korn e o Lynyrd Skynyrd já cancelou shows após o vocalista Jonathan Davis e o guitarrista Rickey Medlocke, respectivamente, testarem positivo horas antes de um show e Stevie Nicks limpou toda a agenda de 2021 também receosa com o aumento de casos. O festival de jazz de Nova Orleans também cancelou datas e transferiu o evento para 2022.

Escrito por Amanda Faia

About Love

“About Love”: Os detalhes do novo clipe de Beyoncé com Jay-Z

Summertime Sadness

Shawn Mendes é visto cantando música da Lana Del Rey