in

Copacabana Palace é multado em R$ 15 mil após noitada com shows e aglomeração

Festa teve apresentação de Gusttavo Lima, Ludmilla, Mumuzinho, Alexandre Pires e Dudu Nobre

O hotel Copacabana Palace foi multado em R$ 15.466, além da interdição de 10 dias para eventos, por promover uma festa para 500 pessoas na última sexta- feira (14). A noitada contou com shows de Gusttavo Lima, Ludmilla, Mumuzinho, Alexandre Pires Dudu Nobre, gerando uma grande aglomeração. O que vai contra o decreto na cidade do Rio para contenção da pandemia.

Além dos famosos, centenas de outros convidados que estiveram no local estavam sem o uso de máscaras de proteção facial. Em vídeos que circulam nas redes sociais, é possível notar uma multidão em volta do palco, desrespeitando o distanciamento social e protocolos de segurança.

Show 500 pessoas
Foto: Bruno Menezes,
Metropoles

Em primeiro momento, a fiscalização não havia encontrado irregularidades na tal festa, já que, na entrada, todos os convidados apreciam de máscara. Porém, a mudança se deu depois que a Vigilância Sanitária analisou imagens de dentro do evento, divulgadas nas redes sociais.

Neste sábado (15/05), após análise de imagens divulgadas pela imprensa e redes sociais, a Vigilância Sanitária constatou desobediência às medidas permanentes e variáveis de proteção à vida”, inicia nota da secretaria. A infração foi avaliada como “gravíssima”

“Nas referidas imagens foi constatada aglomeração generalizada em frente a apresentação musical caracterizando pista de dança, os convidados não usavam máscara facial e não respeitavam o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre os participantes. Na entrada do estabelecimento, as imagens também evidenciaram aglomeração em fila de espera e acesso desordenado ao local”, prossegue a nota.

Em resposta à CNN, o Copacabana Palace afirmou que “foram cumpridas todas as exigências e obrigações legais estabelecidas pelo decreto n° 48.845, publicado em 7 de maio de 2021 no Diário Oficial do Município”. Por meio de nota, o hotel também disse que o “comprometimento com as recomendações das autoridades é um pré-requisito para que os eventos aconteçam“.

Vale lembrar, que o país é o segundo no ranking de mortes pela Convid-19, e o país está longe de estar com a população completamente vacinada – ou em números que permitam a retomada de eventos -, apenas 17%. Nesta sábado o país contabiliza 433 mil vítimas fatais da pandemia.

Escrito por Leonardo Rocha

Atenção

Luísa Sonza rebate críticas sobre parceria com Pedro Sampaio

Harry Styles surge de farda nas gravações de ‘My Policeman’