Divulgação/Ecad
EcadTec som, o aparelho utilizado para a gravação de eventos.
in

Conheça os bastidores do trabalho do Ecad durante o Carnaval

Divulgação/Ecad

Quando passa o Carnaval, guardamos bons momentos e músicas que marcaram essa festa.

E claro, não podemos esquecer que, sem a música, a festa não existiria.

Para isso, é fundamental o trabalho do Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição), que alia tecnologia para que a apuração seja feita e os agentes da indústria musical recebam o pagamento por Direitos Autorais.

Enquando fazíamos a cobertura do Carnaval, nossa equipe do Mundo da Música presenciou o trabalho do Ecad em Salvador, nos trios elétricos e camarotes da folia.

“O Ecad trabalhou muito nesse carnaval em todo o estado. Desde o início da festa, com os ensaios de grandes blocos em Salvador, como Baile da Santinha e do Harmonia do Samba, por exemplo, até as programações nesses últimos dias nas demais cidades”, afirma Fábio Cunha, Gerente da unidade do Ecad na Bahia.

Os profissionais do Ecad realizam a instalação dos aparelhos de gravação nos eventos, antes de acontecer e o recolhem assim que acaba o evento. Quando acaba a apresentação, eles utilizam um gravador que armazena as informações sobre horário, nome do profissional do Ecad e o local da aferição.

“A tecnologia é nossa aliada nesse trabalho. Temos equipamentos digitais com tecnologia de ponta que fazem as gravações de eventos, trios elétricos e camarotes e, desta forma, armazenam as informações com as músicas tocadas publicamente, garantindo rapidez e precisão para identificar o que foi tocado”, diz Fábio.

 width=

Foto: EcadTec som, o aparelho utilizado para a gravação de eventos | Créditos: Divulgação/Ecad

 

“A festa foi grande na Bahia. Principalmente em Salvador, que é uma das capitais no Brasil que mais promovem festivais e eventos anualmente.

“É importante ressaltar que os grandes promotores de eventos já sabem da importância e da credibilidade do nosso trabalho, que é valorizar os que vivem da música. E isso é importante para fortalecer o mercado musical da Bahia”, conclui Fábio Cunha.

A festa momesca em Salvador teve público recorde com 16,5 milhões de pessoas desde o pré-Carnaval, incluindo palcos temáticos e bairros, de acordo com a Secretária de Comunicação de Salvador.

O prefeito ACM Neto destacou que os dias oficiais do Carnaval dos Carnavais trouxeram aos foliões 2.600 horas de música e 1.016 apresentações, realizadas tanto nos trios como nas fanfarras, palcos e blocos de chão.

Mais de 12.7 mil artistas se envolveram na programação do Carnaval da folia na cidade.

Escrito por Redação POPLine

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Kendall Jenner diz que gostaria de ser assistente pessoal de Beyoncé

Fundador da SM Entertaiment vai investir US$ 827 mil no LOONA