Compositor da música "Fora do Comum", processa Gusttavo Lima em R$20 milhões por "roubar" sua música . Foto: Divulgação
Compositor da música "Fora do Comum", processa Gusttavo Lima em R$20 milhões por "roubar" sua música . Foto: Divulgação
in ,

Compositor da música “Fora do Comum”processa Gusttavo Lima em R$20 milhões por “roubar” sua música

Músico move processo contra o sertanejo desde 2016

Em 2011 Gusttavo Lima lançou a música “Fora do Comum“, que fez muito sucesso na época. No entanto, mal ele sabia, mas 5 anos depois, em 2016, isso seria a fonte de uma grande disputa. O compositor André Luiz Gonçalves da Silva, conhecido como De Lucca, entrou na Justiça alegando que Gusttavo Lima assinou a composição ilegalmente e não repassou os lucros da canção.

“O autor exclusivo da música é o De Lucca. Gusttavo não compôs nenhum trecho, harmonia ou melodia da música. Ele recebeu 50% dos direitos da canção, mas reclama agora que tem direito aos outros 50% mais indenização pela mentira de que Gusttavo Lima é coautor da canção”, afirma o advogado do cantor.

Após vários anos no trâmite jurídico, um juiz decidiu pelo arquivamento do caso, alegando prescrição do prazo legal para mover ação, que seria de três anos e De Lucca apenas processou Gusttavo em 2016. Por essa lei, ele deveria processar até 2014, 3 anos após o lançamento da música. No entanto, nessa semana, o caso ganhou um desdobramento.

Reviravolta

A Justiça concedeu ao músico o direito de continuar movendo o processo contra Gusttavo Lima. A defesa de De Lucca alega que os advogados do cantor tentaram fazer um acordo, mas eles não consideraram o valor justo.

“Antes disso, em novembro de 2019, houve uma audiência de conciliação em relação ao processo. À época, foi oferecido “sem nenhum reconhecimento de culpa”, o valor de R$ 50 mil divididos em dez vezes para encerramento do processo, uma vez que o compositor alegou estar passando por dificuldades financeiras”, disse o advogado do compositor.

De Lucca não aceitou e agora continua com o processo na Justiça.

Escrito por Helena Marques

Divulgação

Promovida por Fabiane Pereira, ‘Semana de Imersão na Cadeia Produtiva da Música’ está com inscrições abertas

Anahí diz que RBD foi pioneiro no reggaetón