Pitty. Foto: Instagram
in ,

Com estética simples e forte, Pitty lança clipe de ‘Motor’: ‘Foco no sentimento’

Cantora baiana gravou o clipe em casa, no início da pandemia

É ela! Carregado de estética e emoção, Pitty lançou, nesta quarta-feira (24/03), o clipe de “Motor”. A faixa pertence ao disco “Matriz”, de 2018. O vídeo chega com cenas gravadas em preto e branco, com a cantora baiana no fronte da câmera, encarando o próprio espelho – ou o espectador. Tudo depende da perspectiva e interpretação singular sobre a música.

As filmagens foram feitas por Pitty, no ano passado, durante a quarentena, respeitando as medidas de segurança contra a pandemia do novo coronavírus. “Com criatividade dentro das possibilidades. E explorando o bom e velho DIY“, declarou ela, no Instagram. “É algo bem simples, cru, olho no olho“, destacou ela.

Foto: Divulgação

Como a cantora não contou com muitos recursos tecnológicos para a produção, já que tudo foi feito diretamente de sua casa em São Paulo, a ideia foi passar toda a emoção do hit através do olhar e dos pequenos gestos da artista. A música também está presente no set list do DVD “Matriz Ao Vivo em Salvador” e na versão deluxe do trabalho.

Foi pensando em preto e branco, bem contrastado nesse minimalismo. O foco é no sentimento, não na técnica“, explicou. “Foi uma boa oportunidade de exercitar a criatividade”, destacou a artista, que está explorando bem as faixas do disco “Matriz”.

Com esse lançamento, o single se junta à outras faixas que se tornaram “músicas de trabalho” como “Ninguém é de Ninguém”, “Te Conecta”, “Noite Inteira”, “Roda”, “Submersa” e “Bahia Blues”. Nesse meio tempo, Pitty lançou diversos produtos audiovisuais em seu canal e ainda compartilhou a inédita “Na Tela”, debruçando sobre as novas formas de relacionamento durante o isolamento. Definitivamente, um dos discos mais trabalhados comercialmente da artista.

Selo musical

A cantora e compositora Pitty não parou um só minuto, mesmo no período da pandemia, lançando uma série de conteúdos, praticando com rigor o isolamento e distanciamento social. Sempre envolvida em todas as fases de produção da sua arte, Pitty concretiza um sonho antigo: a criação do selo Casulo, para lançar projetos com talentos da música brasileira contemporânea.

“O objetivo é dar oportunidade ao inusitado, ao que não tem chance dentro de um mercado que se repete constantemente. Venho acompanhando o que a galera nova está apresentando e tem coisas originais, incríveis, que ficam à margem de onde poderiam chegar, às vezes por falta de divulgação, de uma estrutura” – disse ela.

Batizado com o mesmo nome do programa de seu canal na Twitch, e com apoio de marketing e distribuição de sua gravadora, a Deck, o selo Casulo estreia no segundo semestre de 2021, com os lançamentos de faixas já gravadas com: Pupillo, Jup do Bairro + BadSistaDrik Barbosa + Weks e Monkey Jahyam + Mau. Durante dois meses, Pitty recebeu cada dupla de artistas, em dias separados (com exceção de Pupillo, que foi sozinho) e, juntos, gravaram uma música em cada encontro.

Escrito por Leonardo Rocha

Warner e Tencent lançam gravadora e parceria de licenciamento

Rihanna confirma que pode lançar música “em breve”