foto: divulgação
in ,

Com Elza Soares, Ivete Sangalo e Emicida lançam o clipe de ‘Mulheres Não Têm Que Chorar’

Emicida e Ivete Sangalo concretizaram o projeto de “Mulheres Não Têm Que Chorar” com um clipe que aposta na representatividade e no empoderamento feminino. Com o destaque para a participação de Elza Soares, o vídeo mostra o cotidiano de várias mulheres, com diferentes perspectivas, corpos e estilos de vida.

As gravações aconteceram em São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador e o clipe é uma celebração a luta, garra e perseverança de todas as mulheres em um mundo machista e misógino. A direção ficou por conta de Nina Torres. Confira o vídeo:

“Mulheres Não Têm Que Chorar” sucede “Dura Na Queda” como novo single de Ivete Sangalo e não é a primeira parceria da cantora com Emicida, que já lançaram anteriormente a música “Trevo, Figurinha e Suor na Camisa”.

“Na primeira parceria com a Ivete, tínhamos o sonho como principal elemento ali na letra. Interessante pensar que, agora, nesse novo encontro, a gente inicia a música falando de um despertar, que é sobre se levantar da cama, sim, mas também sobre entender que cada pessoa carrega uma força e uma luz dentro de si”, afirmou Emicida, em comunicado à imprensa.

Foto: reprodução/Ivete Sangalo @ivetesangalo

Mais parcerias de Ivete Sangalo

Além de sua nova colaboração com Emicida e de parcerias anteriores com nomes como JãoVitão e Dilsinho, Ivete Sangalo também tem mais uma parceria pronta, dessa vez com o funkeiro MC Zaac.

A parceria entre os dois artistas ainda permanece em muito mistério, mas ao que tudo indica, deverá ser uma música animada com direito a coreografia e tudo.

clipe da música já foi até gravado, com direção de Bruno Ilogti, diretor que está acostumado a trabalhar com a cantora (‘Não me olha assim’ e ‘Pra vida inteira’). Bruno também foi o diretor responsável pelo vídeo de “Sua Cara”, hit de Anitta, Pabllo Vittar e Major Lazer.

 

Escrito por Douglas Françoza

Rihanna ganha emoji no Twitter e fãs suspeitam de comeback

Justin Bieber foi pior participação de "CSI", diz criador

Justin Bieber foi pior participação de “CSI”, diz criador